text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Especial

Aprenda de vez o Novo Acordo Ortográfico

      
Não adianta mais fugir dele. O jeito é aprendê-lo.
Não adianta mais fugir dele. O jeito é aprendê-lo.  |  Fonte: iStock

 

2011 está acabando e já faz 3 anos que o Novo Acordo Ortográfico entrou em vigor. Agora, em 2012, ele é para valer. Não se aceitará mais a outra grafia. E isso vale para os vestibulandos que escreverão a redação ano que vem.

 

Não adianta mais fugir dele. O jeito é aprendê-lo. É bom lembrar que o português era a única língua de peso que ainda admitia grafias diferentes. Nove países (Brasil, Moçambique, Angola, Portugal, Guiné-Bissau, Timor Leste, Guiné Equatorial, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe) e uma comunidade independente (Macau, China) falam português no mundo. São 242 milhões de pessoas falando a língua portuguesa, sem contar as pessoas que a estão aprendendo. Além disso, é obrigatório o ensino no Uruguai, na Argentina, na Zâmbia e no Congo.

 

Ter uma língua tão díspar na escrita considerando o português brasileiro e o português europeu (falado nos outros países) só dificulta o aprendizado estrangeiro de nossa língua e põe uma barreira até diplomática – por que não? – entre nós e outros países, mesmo aquele que falam português.

 

Além disso, quem mais saiu perdendo nessa história foram os países que falam o português europeu (ou seja, todos menos o Brasil), pois cerca de 1,6% das palavras deles mudaram. No nosso caso, só teremos grafia diferente em apenas 0,5% de nossa língua.

 

Navegue pela imagem de cada palavra abaixo ou vá até o final da página e leia de forma objetiva todas as regras da nova ortografia:

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.