text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Educação oferece 10 mil vagas para pré-vestibular

      
Estudantes que cursam o 3º ano do Ensino Médio em escolas públicas da Região Metropolitana do Recife e que pretendem fazer vestibular este ano podem se candidatar, até a próxima sexta-feira, a uma das dez mil vagas da 2ª edição do Projeto Rumo à Universidade, da Secretaria de Educação do Estado (SEE). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas nas escolas públicas estaduais, inclusive nas que estão em reforma.

Também estão sendo oferecidas 300 vagas para professores da rede pública nas áreas de Português, Matemática, Inglês, Geografia, História, Biologia, Física e Química. Para esses candidatos, os formulários de inscrição estão disponíveis no endereço eletrônico www.upenet.com.br.

O salário é de R$ 400. O curso pré-vestibular do Rumo à Universidade tem como público-alvo estudantes carentes de escolas estaduais que querem garantir uma vaga em algum curso de graduação. As aulas serão ministradas por professores aprovados na seleção. A novidade deste ano, explica o coordenador do Rumo à Universidade, Marcos Sérgio, é que 15% das vagas serão dedicadas a alunos que fizeram o curso no ano passado.

As inscrições para esses estudantes devem ser feitas exclusivamente na Escola Professor Sizenando Silveira, no bairro de Santo Amaro. As provas eliminatórias do Rumo à Universidade ocorrerão no próximo dia 19. Os estudantes farão um teste de 20 questões objetivas de múltipla escolha, sendo dez questões de Português e outras dez de Matemática. A prova para os candidatos a vagas de professor terá 20 questões de múltipla escolha, abrangendo conteúdos do Ensino Médio.

As aulas do curso serão ministradas nos fins de semana, do dia 8 de junho a 1º de dezembro. Os alunos classificados receberão uma bolsa mensal, no valor de R$ 50, para ajudar nas despesas com transporte e manutenção. O secretário-adjunto de Educação, Gilberto Sá, adiantou que a SEE está fechando um convênio com o Ministério da Educação para assegurar bolsas de iniciação à docência aos alunos do curso.

"Funcionará como um estágio. A idéia é que os estudantes da área de Química, Matemática e Biologia, acompanhados por professores das universidades federais, repassem seus conhecimentos a outros alunos da rede pública", disse.

Fonte: Jornal do Comércio
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.