text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Salários de 200 servidores da Uergs estão atrasados

      
Duzentos servidores ? funcionários e professores ? da Uergs (Universidade Estadual do Rio Grande do Sul) ainda não receberam os primeiros vencimentos desde a nomeação, ocorrida no final de março. O atraso, confirmado pela direção da instituição, deve ser saldado pelo Tesouro do Estado em, no máximo, 15 dias, de acordo com expectativa da Pró-reitoria de Administração e Planejamento da universidade.

A dívida com os servidores estaria ligada à lentidão nos trâmites burocráticos do Estado. O governo demora de 45 a 60 dias para regularizar o ingresso de um novo funcionário no sistema de dados processados pela Secretaria Estadual da Fazenda, conforme a direção da universidade. Ao todo, o valor devido chega a R$ 300 mil.

"Estamos implantando toda a folha de pagamento da Uergs. Não se trata apenas de um tipo de funcionário, mas de várias especificidades ? argumenta Jane Bauer, pró-reitora de Administração e Planejamento. Jane entende que "o descontentamento é legítimo", mas revela um certo desconhecimento dos trâmites do Estado. A dívida com os servidores deve ser liquidada em uma semana, segundo expectativas otimistas da pró-reitoria.

Se novos atrasos ocorrerem, até o final deste mês, garante a pró-reitora de Administração e Planejamento, todos os vencimentos não quitados serão pagos integralmente e de forma cumulativa pelo governo do Estado.

Fonte: Zero Hora
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.