text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Conselho Universitário Ibero-Americano deve ser criado até o final do ano

      
As universidades de Portugal, Espanha e da América Latina formarão, até o final do ano, um Conselho Universitário Ibero-Americano. A nova instituição terá o objetivo de consolidar a educação superior em todo o território ibero-americano.

A iniciativa conta, hoje, com o apoio das entidades responsáveis pelo ensino superior de dez países (Espanha, Portugal, Argentina, Colômbia, Cuba, Equador, México, Peru, República Dominicana e Venezuela) e até a sua criação pretende conta com a adesão de todos os 22 países Ibero-Americanos.

O Conselho Universitário Ibero-Americano promoverá um fórum permanente de reflexão sobre as condições do ensino superior em todos os paises da Ibero-América e incentivará a cooperação entre as IES dos diferentes países. Fomentar o intercâmbio de professores e estudantes, realizar programas de doutorados compartilhados, além de fortalecer dos programas de pesquisa também são os objetivos da nova entidade.

A idéia da criação deste conselho surgiu durante um encontro entidades responsáveis pelo ensino superior, realizado em Coruña (Espanha). Os representantes universitários reconheceram a necessidade de criar uma forma mais eficaz de promover a cooperação entre as IES. "Estamos convencidos que a educação superior tem um papel decisivo para o progresso e a transformação social dos povos", afirmaram.

Mais do que isso, os dirigentes destas entidades confirmaram a importância de promover, em seus respectivos países, mecanismos que garantam e consolidem a qualidade do ensino superior.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.