text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Hospital da UFPR cria centro para pesquisar câncer infantil

      
Foi inaugurado hoje em Curitiba o Centro de Genética Molecular e Pesquisa do Câncer em Crianças (Cegempac), uma parceria entre o Hospital de Clínicas da UFPR (Universidade Federal do Paraná), a APACN (Associação Paranãnse de Apoio à Criança com Neoplasia) e o Saint Jude Children?s Research Hospital, de Memphis (EUA). O projeto tem o objetivo de estudar novos diagnósticos e formas de tratamento para o câncer infantil.

O centro médico norte-americano é o maior especialista em câncer infantil no mundo e fornecerá ao Cegempac todo o suporte técnico e financeiro necessários, além de treinamento e boa parte dos equipamentos. O apoio do Saint Jude não é por acaso. O diretor do hospital norte-americano é o brasileiro e paranãnse, Raul Ribeiro. Ribeiro desenvolvia pesquisas na UFPR antes de sair do país.

Com um investimento estimado em R$ 1,3 milhões ? entre a aquisição do imóvel, reformas e equipamentos ?, o centro, que é um dos únicos do país, pretende se tornar referência na região Sul do Brasil. A equipe do Cegempac será chefiada pelo Coordenador do Mestrado e Doutorado em Pediatria da UFPR, professor Bonald Figueiredo.

De acordo com Figueiredo, os primeiros projetos do novo centro serão as pesquisas sobre as novas formas de diagnóstico e tratamento do câncer em crianças, principalmente o do tumor da córtex supra-adrenal (uma glândula localizada acima dos rins), um dos tipos mais recorrentes no estado do Paraná e na cidade de Jundiaí (SP). O problema nesta glândula, independentemente do sexo, produz um aumento excessivo de hormônios levando as crianças adquirirem características de adultos masculinos.

As novas análises que serão realizadas no Cegempac darão continuidade aos estudos que já são realizadas há anos e mostram que estes tumores são decorrentes de uma alteração do código genético, provavelmente causada por um fator ambiental. Uma das maiores conquistas dos pesquisadores paranãnses foi tornar o exame que detecta essa anomalia mais rápido e barato.

O exame desenvolvido pela equipe da UFPR custa R$ 20,00 e tem o seu resultado em 3 horas. Já pelo método tradicional, o mesmo exame custava U$ 700,00 e o laudo só era divulgado em 20 dias. Além de se preocupar com os tumores da córtex supra-adrenal, o Cegempec irá desenvolver pesquisas para novas formas de tratamento e diagnósticos de outros tipos de cânceres infantis.

Fonte: UFPR (Universidade Federal do Paraná)
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.