text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Primeira universidade privada para negros deve sair em 2003

      
A primeira universidade privada para negros deverá estar em funcionamento em São Paulo até novembro de 2003. A Zumbi dos Palmares, criada pela ONG Afrobras - Sociedade Afro- Brasileira de Desenvolvimento Socio-Cultural será mantida pela iniciativa privada e também aceitará alunos não negros. Hoje, durante o Fórum Internacional Liberdade, Educação e Direitos Civis, promovido pela Afrobras, no hotel Maksoud Plaza, o ministro da Educação assina o projeto pedagógico da nova faculdade, segundo o presidente da entidade, José Vicente.

O objetivo é atender pessoas carentes que não podem desembolsar quantias estratosféricas para estudar e conquistar ascensão profissional. O valor da mensalidade deverá girar em torno de R$ 250,00. O aluno que ganhar bolsa vai desembolsar R$ 120,00. Em princípio está programada a criação de dois cursos: administração de empresas e formação acadêmica para professores na disciplina de Diversidade Social.

"A idéia é formar professores que discutam a questão racial com seus alunos já que a primeira referência que o negro tem de sua condição é nos livros escolares, como escravo. Entre os temas que serão discutidos em sala de aula estão as relações raciais, a intolerância, a discriminação e o racismo", explica o presidente da entidade.

O corpo de 30 professores, cedido pela Universidade Metodista e por outras faculdades já está definido e conta com 25 doutores e 9 mestres. A força da raça Os negros são 48% do total da população brasileira; 34% concluem o ensino fundamental e 15,5% terminam o ensino médio. E apenas 1% concluem o curso superior.

Fonte: Diário de São Paulo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.