text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Moradores da Lagoa recorrem ao MP

      
Moradores da Fonte da Saudade, na Lagoa, poderão acionar o Ministério Público (MP) para impedir a instalação de uma unidade da UniverCidade na Pequena Cruzada. A intenção de recorrer ao MP, de acordo com os moradores, é evitar que a criação do campus na instituição, localizada na Avenida Epitâcio Pessoa, próximo ao acesso ao Túnel Rebouças, seja liberada de forma irregular. Eles temem, principalmente, que o estudo de impacto viário no local considere, para efeito de estacionamento do campus, as vagas existentes nas ruas próximas.

Diretor da Associação de Moradores da Fonte da Saudade (Amofonte), Jorge Simas lembrou que, em janeiro de 2001, esse mesmo artifício foi usado no processo de autorização de funcionamento de uma academia de ginástica na Rua Fonte da Saudade. Na época, o parecer da CET-Rio, responsável pela realização do estudo, afirmava que o déficit de vagas ''poderia ser suprido por estacionamentos em vias próximas ao local do empreendimento''.

Os moradores recorreram ao MP. Ao responder a consulta do promotor Eduardo Santos de Carvalho, o então chefe de gabinete da CET-Rio e hoje secretário Municipal de Transportes, Antonio Manoel Rato, confirmou o uso de vagas nas vias públicas para aprovação do estudo. ''Foi também considerada a utilização de 105 vagas localizadas em vias públicas, distantes no máximo 250 metros da academia'', afirma um trecho da resposta de Rato.

Fonte: Jornal do Brasil
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.