text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Pesquisa revela as dificuldades na sexualidade feminina na terceira idade

      
Estudo conduzido pelo psicólogo Mário Roberto Agostinho revelou que o preconceito e a baixa auto-estima são causas recorrentes dos problemas encontrados entre mulheres da terceira idade e sua relação com a vida sexual. O psicólogo entrevistou 18 mulheres que freqüentavam o Núcleo de Atenção ao Idoso da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) e descobriu que a forma como a sexualidade é tratada pela nossa cultura prejudica a vida sexual de muitas mulheres.

Segundo Agostinho, a auto-estima das mulheres sofre com a passagem dos anos. Em sua pesquisa, o psicólogo percebeu que muitas das entrevistadas possuíam desejos, mas achavam que, por causa da idade, não podiam ou não deviam mais ter relações sexuais. As conclusões do estudo "Sexualidade no Processo de Envelhecimento: concepções e vivências de mulheres no curso da Terceira Idade" também descartam as transformações que o tempo provoca no corpo das mulheres como causa dos problemas sexuais dos idosos.

O estudo constatou que os principais empecilhos para uma vida sexual ativa são a falta de informação e comunicação das mulheres com seus parceiros. Para o Mario Agostinho, isso pode ser superado. Ele explica que a sexualidade pode ser vivida de várias maneiras e não só através do sexo com penetração. As limitações físicas não seriam o fim da vida sexual e as mulheres podem e devem expressar o carinho e o desejo que sentem.

Fonte: Agência PontoEdu
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.