text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

CNE reavalia duração mínima para cursos de graduação

      
O CNE (Conselho Nacional de Educação) vai reavaliar a decisão de instituir o prazo de três anos como duração mínima para os cursos de graduação. Na próxima reunião do conselho, marcada para a primeira semana de junho, os conselheiros vão votar uma modificação no texto do parecer 100/02, aprovado em uma reunião do CNE realizada neste ano. O parecer desobriga instituições de ensino que oferecem cursos de graduação para a formação de tecnólogos a observar esse prazo mínimo.

"O objeto do reexame é retirar do parecer os cursos de formação de tecnólogos, como por exemplo cursos de Processoria de Dados e Viticultura e Enologia", afirmou o secretário-executivo do Conselho, Raimundo Miranda.

Na última segunda-feira, dia 20 de maio, o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Rubens Approbato, pediu ao ministro da Educação, Paulo Renato Souza, a revisão do mesmo parecer, que estipula a duração mínima de três anos para cursos de Direito.

A mudança que o CNE vai votar, no entanto, não retira o prazo mínimo de três anos para cursos de Direito. Essa mudança teria de ser pedida pelo ministério, o que não deve acontecer até a semana que vem, quando o ministro Paulo Renato retorna de um evento em Washington, EUA.

Fonte: Agência PontoEdu
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.