text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Marconi quer mais 8 mil bolsas universitárias

      
O governador Marconi Perillo encaminha consulta ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com objetivo de ampliar o Programa Bolsa Universitária. A meta é conceder 8 mil novos benefícios a estudantes carentes que estejam cursando universidades privadas no Estado. Atualmente 17 mil universitários goianos são atendidos pelo programa. A expectativa é de que a Justiça Eleitoral se manifeste sobre a consulta na próxima segunda-feira.

De acordo com a resolução nº 20.890(*), da Lei 9.504/97, que trata das eleições, o dia 6 de julho é a data a partir da qual são vedados ao governo nomeações, contratações ou realizar transferência de recursos. O Programa Bolsa Universitária é coordenado pela Organização das Voluntárias de Goiás, por meio do convênio com o governo de Goiás e com as instituições de ensino superior. O programa é voltado para o atendimento de estudantes que não têm condições financeiras de custear suas mensalidades.

O aluno beneficiário da Bolsa Universitária presta serviços em locais definidos pelo programa com carga horária de 8 a 20 horas semanais, compatível com seus afazeres escolares e de trabalho, de acordo com a natureza da área e sua formação profissional, ou trabalhará em projetos de pesquisas, devidamente cadastrados junto à Secretaria de Ciência e Tecnologia, e que tenha um professor pesquisador como orientador/ coordenador. O auxílio financeiro recebido pelos alunos de baixa renda não precisa ser pago quando terminarem a faculdade, como acontece com o crédito educativo do governo federal.

O pagamento é feito por prestação de serviços (estágios), enquanto que no sistema da União os estudantes começam a ressarcir o governo assim que se formam, pagando juros de 12% ao ano. O governo custeia, em muitos casos, mais de 80% das mensalidades dos estudantes. A ajuda financeira fixa pode chegar até a R$ 250,00. Os bolsitas devolvem o recurso ao Estado trabalhando em órgãos públicos ou em entidades filantrópicas.

Fonte: Diário da Manhã
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.