text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Com que roupa eu vou?

      
Como se vestir, o que falar, como se portar. Estes, são apenas alguns dos truques que a jornalista Claudia Matarazzo ensinou ontem durante palestra que ministrou no Career Fair, em São Paulo. Autora de diversos livros como "Gafe não é pecado", "Casamento Sem Frescura", "Case e Arrase" entre outros, Claudia é uma expert em etiqueta e comportamento.ÿ
Além de dicas sobre comportamento corporativo, a autora também deu conselhos sobre como se portar em almoços de negócios, encontros sociais e demais comemorações. Outro ponto abordado por Claudia, foi a entrevista de emprego. Sobre esta situação, ela elaborou uma lista de o que você deve ou não fazer. Leia a relação abaixo e evite enfrentar uma saia-justa na sua próxima entrevista.
  • Chegue no horário
  • Não tem nada mais desagradável do que deixar o seu entrevistador esperando. Procure chegar com algum tempo de antecedência. Contudo, se houver um contratempo peça desculpas assim que chegar e explique os reais motivos do seu atraso.
  • Cuidado com as roupas

  • Você está indo para uma entrevista de trabalho e não para um desfile de moda. Seu traje deve ser discreto e não chamar a atenção, dê preferência aos tons mais sóbrios. Camisas floridas, mini-blusas e tops apertados são ótimos para você ir à praia. Para uma entrevista, opte pelo tradicional: Homens com ternos escuros e camisas brancas; e mulheres com taillers também de cor escura
  • Gravatas
    Gravata não é atestado de genialidade e, muito menos, de criatividade. Este suplemento deve ser escolhido com muito cuidado para não arruinar todo o seu visual. Prefira as estampas pequenas, entre 1 e 2 centímetros, sempre combinando com o terno. Fuja das gravatas com bichinhos, a não ser que você seja funcionário da Disney e queira mostrar o quanto admira o Mickey Mouse.
  • Acessórios, a síndrome de Falcão
  • Se a vaga que você busca é para cover do Falcão, tudo bem. Caso contrário, a discrição é o melhor remédio. Use acessórios discretos. Brincos grandes, correntes para fora da camisa entre outros podem tirar a atenção do seu interlocutor .
  • Celulares, Pagers e afins
    Até pouco tempo atrás você conseguia viver muito bem sem eles. Por isso, nem pense em deixá-los ligados durante a entrevista. Se for imprescindível que algum deles permaneça funcionando, avise o seu interlocutor antes mesmo de começar a entrevista e já se desculpe. Dê sempre preferência para as pessoas que estão falando pessoalmente com você.
  • Pochete
    Este é o típico acessório desnecessário. Segundo Claudia, é impossível combinar alguma coisa com essa bolsinha a tiracolo.

    Para conferir mais dicas sobre como se portar numa entrevista de trabalho e em outras situações, visite o site de Claudia Matarazzo

    • Fonte:

    Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.