text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Antena do Cap UFRJ causa polêmica

      
Instalada desde 1995 no terreno do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAp UFRJ), a antena de uma empresa de telefonia celular está causando uma interferência entre a escola e a Prefeitura. Na semana passada, o município notificou o CAp para que a antena seja retirada do lugar em , no máximo, 15 dias. - Recebemos a notificação no dia 23 deste mês.

Segundo o documento a escola poderá ser julgada por crime ambiental. No mesmo dia enviamos o comunicado por fax para o departamento jurídico da Telefônica Celular. O contrato com a empresa foi feito diretamente pela universidade - disse Izabel Goudart, vice-diretora do CAp-UFRJ. De acordo com a assessoria da Telefônica Celular, o departamento jurídico da empresa não havia recebido nenhum comunicado sobre a necessidade de retirar a antena.

Segundo Izabel, foram os pais dos alunos que entraram na Justiça pedindo que o equipamento não continuasse na escola. - Também somos favoráveis à retirada da antena. Não há estudos garantindo que as ondas emitidas pela máquina sejam prejudiciais à saúde, mas também não há nada que afirme o contrário. Não temos como prever os efeitos futuros - disse Izabel. A vice-diretora do CAp conta que o contrato de cessão do espaço foi feito diretamente entre a UFRJ e a Telefônica Celular.

Segundo ela, o dinheiro do aluguel, que seria de aproximadamente R$ 900, nunca foi repassado para a escola, que só foi beneficiada uma vez, com pequenas obras no prédio.

Fonte: O Globo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.