text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Estudantes avaliam o Provão 2002

      
A parte objetiva da prova foi muito cansativa e extensa, tendo um grau de
dificuldade médio, sendo que a maior parte das questões não apresentavam enunciados claros e objetivos. Outro ponto foi a pouca adequação da prova às habilidades adquiridas durante o curso, ou seja, muitas questões estavam fora da realidade dos bancos acadêmicos. Já com relação às questões dissertativas o MEC está de parabéns, por terem sido apresentados casos práticos para solucionarmos.

Direito - Unisinos (RS)
A ansiedade pelo Provão 2002 de Administração não tinha razão de ser. As questões traziam enunciados curtos e de fácil compreensão. O teste trouxe duas questões discursivas. Estas já estavam mais complexas e exigiam um conhecimento maior no assunto abordado, principalmente a primeira. Além disso, abordaram temas como ética na prática empresarial e a preocupação com meio ambiente. Assuntos que julgo ser fundamental na formação daqueles que estarão à frente das organizações.

Administração de Empresas - UFMT (MT)
A prova mostrou um nível de dificuldade adequado e os assuntos abordados abrangeram grande parte do conteúdo visto durante o curso. Curiosamente, não houve questões sobre economia. O tempo foi mais do que suficiente para completar a prova. Porém a primeira questão discursiva exigia muito mais espaço para uma resposta completa do que o disponível no caderno de respostas. Foi uma questão longa e cansativa de responder.
A minha principal crítica ao exame se refere a questões cujas respostas
implicam em juízo de valor e não em algo objetivo - contei umas três ou
quatro, principalmente de Recursos Humanos e Sistemas de Informação. Fica difícil saber o que responder, pois para acertar seria necessário saber a qual linha de pensamento o examinador pertence. No entanto, apesar dessas falhas, acredito que o exame foi bem elaborado, organizado e adequado ao seu propósito.

A
dministração de Empresas - FGV (SP)
A prova de engenharia civil foi muito extensa e por isso não consegui responder duas questões. Não estava difícil pois todos os conteúdos abordados foram tratados durante o curso. Achei que a data desta avaliação é totalmente inadequada, pois estamos no fim de um semestre e nesta época temos várias preocupações,ÿ como as provas finais e a entrega de trabalhos. Na minha opinião o exame deveria ser realizado em julho.

Engenhariaÿ Civil - Unisul (SC)
Na prova de medicina as questões foram claras e bem elaboradas. No entanto, o exame foi bastante extenso, com muitos casos clínicos, contemplando bem as áreas de clínica médica, pediatria, ginecologia e obstetrícia, mas com poucas questões de clínica cirúrgica. Como as questões demandavam raciocínio clínico, o tempo acabou sendo escasso. Apesar disso, acho que o objetivo do Provão de avaliar o conhecimento de um clínico geral foi alcançado.

Medicina - UEL (PR)
A prova de Matemática para Licenciatura estava relativamente simples se comparada às dos anos anteriores, mas assim mesmo achei o tempo um pouco curto para resolver as 35 questões, entre testes e discursivas. Acho que eu precisaria pelo menos uma hora a mais para resolvê-la com tranqüilidade.

Matemática - FAI (SP)
O que percebi é que falta seriedade na aplicação do teste, fiscais são mal preparados e não conseguem manter a disciplina no decorrer da prova, permitindo que os alunos atendam celulares e saiam da sala durante o teste. Apesar disso, a prova de Engenharia Civil foi muito bem elaborada, abordando vários temas que realmente estão presentes no dia-a-dia do engenheiro civil. A prova solicitou que o aluno soubesse interpretar plantas, ábacos, tabelas e gráficos que são de extrema importância na engenharia. Todas as questões foram discursivas tendo, sem dúvida, atingido o objetivo que a prova propõe que é avaliar e classificar o nível atingido pelos diversos alunos.

Engenharia Civil - UFPE (PE)
Nós decidimos na FAU que iríamos boicotar o Provão. Nenhum de nós fez a prova. Apenas assinei minha presença, esperei dar o tempo mínimo e saí da sala.

Arquitetura - FAU-USP (SP)
Eu acho que essa prova não vai avaliar o meu conhecimento. Depois de passar o tempo mínimo necessário para ficar na sala, eu saí. Não vejo validade no Provão. Acho que ele deveria ser feito anualmente. ? muita pressão.

Jornalismo - UniSantïAnna (SP)
Foi cansativo, mas vale a pena fazer a prova. Essa é a segunda vez que participo da avaliação, pois agora estou terminando a licenciatura.

Pedagogia, Faculdade Capital (SP)
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.