text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Muito estímulo para fazer o Provão

      
Vale tudo para melhorar a nota no Exame Nacional de Cursos, o Provão: lanches, massagens, carros com motorista, livros, aulas de revisão e prêmios em dinheiro. Em Brasília, as faculdades particulares paparicaram os alunos para convencê-los a fazer a prova. Na base da troca, oito mil alunos fizeram a prova na capital. O Ministério da Educação (MEC) também aderiu à prática. Pela terceira vez, oferece bolsas de estudo para pós-graduação aos melhores alunos das 24 áreas avaliadas. Em todo o país, mais de cinco mil cursos foram avaliados, totalizando 395 mil alunos inscritos. Duas faculdades particulares de Brasília deram todos os livros com a legislação necessária para os alunos de Direito, além da sacolinha com lanches, que causava inveja nos demais alunos.

O Centro Universitário de Brasília (Uniceub) prometeu descontos nas mensalidades para os melhores estudantes dos cursos nota A ou B. O Ministro da Educação, Paulo Renato Souza disse ontem, no Rio, que em 2003 mais seis cursos serão incluídos no Provão: Psicologia, Geografia, Fonoaudiologia, Turismo, Nutrição e Educação Física. E comemorou os números: enquanto este ano se cadastraram 395 mil alunos, no primeiro exame, em 1996, os inscritos não passaram de 55 mil.

No Rio, o Provão transcorreu sem problemas na maioria dos locais, mas houve pequenos tumultos, sempre com a mesma origem: alunos que eram impedidos de fazer o exame, porque chegaram depois de 13h. Isso ocorreu, por exemplo, na Escola Municipal Soares Pereira, da Tijuca, e no Colégio Pedro II, em São Cristóvão. Neste local, os estudantes alegaram que se atrasaram porque o envelope enviado pelo MEC estava com o endereço errado.

Fonte: Jornal do Brasil
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.