text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

livros futebol

      

Cultura: Educação Física e futebol é uma coletânea de 12 textos com uma abordagem cultural, que permite a análise da educação física e do futebol como fenômenos integrantes da dinâmica social humana. Divididos em oito textos sobre educação física e outros 4 específicos sobre futebol, a obra de Jocimar Daolio foi produzida entre 1989 e 1995.
O autor privilegia os textos com um referencial teórico, centrado na antropologia social. O conceito de cultura é transmitido aos leitores através das manifestações humanas como expressões corporais, sejam na prática docente em educação física, no corpo, na superstição ou no futebol.
No caso do futebol, Daolio faz a tentativa de ampliar a idéia de um esporte dotado de um conjunto de regras, técnicas e táticas, passar a a ser visto como uma manifestação da sociedade brasileira.
Os textos apresentam caráter didático, com exercícios propostos ao final de cada capítulo. A obra, além de contemplar os objetivos e expectativas de um livro-texto, mostra-se útil ao apresentar uma nova forma de análise da educação física e do futebol.


O profundo envolvimento de Anatol H. Rosenfeld com os temas e os problemas da vida brasileira pode ser medido pelo três estudos sócio-antropológicos que escreveu para o público de língua alemã e que são aqui coligidos, em tradução, sob o título de "Negro, Macumba e Futebol". Trata-se de contribuições que conservam todo o seu interesse para o leitor de hoje, seja pelo valor do depoimento prestado, seja pela pertinência da análise feita.


As origens no Brasil e no Ceará, as táticas e técnicas do jogo, a preparação física dos atletas, os aspectos psicológicos dos jogadores estão em A arte do futebol.
O livro traz também as mudanças nas regras implantadas pela FIFA a partir de abril de 1997 e adotadas pela Confederação Brasileira de futebol, três meses depois, no Campeonato Brasileiro.

O autor José Raimundo Soares é licenciado em Educação física pelo Ministério da Educação e Cultura (PREMEM) através da Universidade de Fortaleza. Com formação técnica em futebol pela Associação Brasileira de Treinadores de Futebol (RJ). Participou de vários cursos nas áreas de método, técnicas e fundamentos filosóficos e sociológicos do lazer, técnicas e táticas de futebol de salão, handebol, voleibol, basquete e atletismo. É atualmente, assessor técnico de esportes do Governo do Estado de Roraima.


Édison Gastaldo acredita que a análise antropológica das representações sociais presentes nos anúncios publicitários pode ser tomada como uma via de acesso para o entendimento da sociedade que produziu esses anúncios e à qual eles se dirigem. Pátria, chuteiras e propaganda parte da representação do brasileiro na publicidade da Copa do Mundo de 1998 para discutir aspectos da cultura brasileira presentes nos anúncios, como machismo, preconceito racial e elitismo. Lançado em co-edição pelas editoras Annablume e Unisinos, o livro é uma versão revista da tese de doutoramento do autor na Unicamp, trabalho vencedor do Prêmio Estímulo para Teses em Comunicação promovido pela Federación Latinoamericana de Facultades de Comunicación em 2002.

Sumário:
Introdução; Capítulo I - O "país do futebol"; Capítulo II - O discurso publicitário; Capítulo III - Um pouco de método; Capítulo IV - A representação do brasileiro na publicidade - Imagens; Considerações finais; Bibliografia.

Édison Gastaldo nasceu em Porto Alegre em 1965. Doutor em Multimeios pelo Instituto de Artes da Unicamp, foi pesquisador-visitante do Departamento de Sociologia da Universidade de Manchester, Inglaterra, e atualmente é professor no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Unisinos.


O futsal atualmente é o esporte que mais desperta interesse, não somente no Brasil, mas em vários países. Será o esporte mais praticado na virada do milênio.






A partir da seleção e análise de 350 crônicas que Nelson Rodrigues publicou como comentarista esportivo entre as décadas de 50 e 70, o autor refaz a história do futebol brasileiro. O estilo neobarroco das crônicas não só trai a veia literária do dramaturgo Nelson, como aponta o caminho para pensar mais amplamente o futebol como campo de expressão da cultura nacional.



Obra reúne artigos sobre os significados do futebol brasileiro. É o resultado de diversas pesquisas, realizadas pela autora, desde que defendeu sua dissertação de mestrado O Futebol Brasileiro: instituição zero, em 1997, no Museu Nacional, UFRJ. Na primeira parte, os artigos enfocam o futebol como operador da identidade nacional brasileira, analisando, particularmente, a forma como ele se transforma em veículo para debate sobre as características do "povo brasileiro"; na segunda, são analisados alguns dos significados do futebol na vida dos trabalhadores urbanos, acentuando-se a forma como sedimenta as redes de sociabilidade masculina e seus possíveis redimensionamentos em termos sociais e políticos.

Simoni Lahud Guedes, doutora em Antropologia Social (UFRJ/1992), é professora adjunta da Universidade Federal Fluminense, atuando nos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Antropologia e Ciência Política.


Cultura: Educação Física e futebol é uma coletânea de 12 textos com uma abordagem cultural, que permite a análise da educação física e do futebol como fenômenos integrantes da dinâmica social humana. Divididos em oito textos sobre educação física e outros 4 específicos sobre futebol, a obra de Jocimar Daolio foi produzida entre 1989 e 1995.
O autor privilegia os textos com um referencial teórico, centrado na antropologia social. O conceito de cultura é transmitido aos leitores através das manifestações humanas como expressões corporais, sejam na prática docente em educação física, no corpo, na superstição ou no futebol.
No caso do futebol, Daolio faz a tentativa de ampliar a idéia de um esporte dotado de um conjunto de regras, técnicas e táticas, passar a a ser visto como uma manifestação da sociedade brasileira.
Os textos apresentam caráter didático, com exercícios propostos ao final de cada capítulo. A obra, além de contemplar os objetivos e expectativas de um livro-texto, mostra-se útil ao apresentar uma nova forma de análise da educação física e do futebol.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.