text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Britto lidera pesquisa Cepa-UFRGS

      
Na primeira pesquisa feita depois da renúncia do candidato José Fortunati (PDT) à disputa pelo Palácio Piratini, o ex-governador Antônio Britto (PPS) aparece com uma vantagem de 8,3 pontos percentuais em relação ao ex-prefeito da Capital Tarso Genro (PT).

Conforme o levantamento do Centro de Estudos e Pesquisas em Administração (Cepa) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Britto aparece com 40,6% das intenções de voto, e Tarso, com 32,3%.

O candidato do PPB ao Palácio Piratini, Celso Bernardi, tem 5,1% na estimulada (aquela em que o entrevistador apresenta um cartão com os nomes dos candidatos ao eleitor), e Germano Rigotto (PMDB) manteve os 4,5% das indicações do levantamento feito pelo Cepa em julho. No quesito rejeição, o candidato do PPS ocupa o primeiro lugar, com 29,8%, seguido de Tarso, com 25%. Dos entrevistados, 25,2% disseram não saber em quem não votariam.

Numa simulação de segundo turno, Britto venceria Tarso por uma diferença de 9,3 pontos. Já o petista venceria Rigotto por uma diferença de 26,4 pontos, e Bernardi por 25,4 pontos percentuais.

Tarso e Britto têm seus melhores índices de voto entre os homens. Germano Rigotto e Celso Bernardi mantêm percentuais equilibrados. Conforme o levantamento do Cepa, 9,1% dos homens e 15,2% das mulheres ainda não sabem em quem votarão no dia 6 de outubro. No caso de segundo turno, Britto obtém índices similares de voto entre homens e mulheres. Tarso, por sua vez, tem melhores números entre os eleitores do sexo masculino.

Nos cruzamentos por faixa etária, o ex-governador tem a preferência dos eleitores na faixa dos 16 aos 19 anos (44,9%) e dos que têm 40 anos ou mais (42,3%). O melhor índice de Bernardi está entre aqueles com 40 anos ou mais (6,3%). Com 4,9%, Rigotto tem seu melhor desempenho na faixa dos 20 aos 39 anos. Tarso ostenta índices similares em duas faixas: 32,1% (16 a 19 anos) e 35% entre os eleitores com idades entre 20 e 39 anos.

No cruzamento por escolaridade, Britto tem seus melhores números entre os eleitores com Ensino Fundamental (43,3%), e Tarso e Bernardi entre os que têm Ensino Superior (40,6% e 7,5%, respectivamente). Rigotto tem melhores resultados entre os entrevistados com Ensino Médio (5,7%).

Realizada entre os dias 13 e 14, com 1.754 eleitores de 48 municípios, a pesquisa tem margem de erro de 2,4 pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: Diário Popular - Pelotas
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.