text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Ela foi ensinar, acabou aprendendo muito

      
Com pouco mais de quarenta anos de vida, a formanda de psicologia Albertina de Freitas diz que sua visão sobre o ser humano mudou desde que começou a trabalhar com deficientes mentais no início deste ano. Todaÿquinta-feira, a aluna da Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina), dedica cerca de três horas de seu tempo para o trabalho com os internos do CAPS (Centro de Assistência Psicossocial), na cidade de Tubarão, onde ajuda a organizar oficinas de artes e um curso de Capacitação para Familiares.ÿ

"Esse trabalho é muito interessante. Vim para cá pensando que eu ensinaria aos doentes, mas o que aconteceu foi o contrário, eu só aprendi desde que cheguei. Descobri principalmente que qualquer pessoa, independente de ser ou não deficiente mental, deve ser tratada com amor, atenção e carinho", afirma, emocionada, Albertina, hoje com 44 anos. "Muito desses doentes têm uma inteligência que as pessoas não imaginam; são gênios, mas a doença não os deixa fazer o que querem."ÿ

As atividades principais de Albertina, no CAPS são ajudar na organização do curso de capacitação para os familiares dos doentes uma vez por mês e, em todas as quintas, monitorar oficinas de artes, onde os deficientes desenvolvem trabalhos manuais, como desenhar e pintar. Segundo ela, o curso dado aos familiaresÿ está ajudando a quebrar os mitos que existem a respeito do assunto. "Para a maioria das pessoas, o deficiente mental é um louco, agressivo e violento. Mas não é bem assim. Eu também tinha uma idéia errada sobre isso", conta. O curso é ministrado por enfermeiras formadas que dão o embasamento teórico para os familiares que, mesmo tendo um esquizofrênico em casa, pouco sabem sobre a doença.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.