text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Fenãt: Quilo de alimento garante exemplar de livro

      
"? muito importante participar de eventos que reúnam não só os executivos como também estudantes. Daqui a algum tempo, muitos desses universitários estarão comandando os negócios. ? instigante ouvir quais são as dúvidas e anseios em relação ao mercado." A frase é da jornalista e escritora Cláudia Matarazzo, uma das convidadas ao ciclo de palestras da Fenãt.

As palestras serão sobre temas de interesse da área educacional e de negócios. Estão na lista: Gabriel Chalita, secretário da Educação do Estado de São Paulo; Arnaldo Niskier, da Academia Brasileira de Letras; Mário Sérgio Cortella, ex-secretário municipal de Educação de São Paulo; Ken O?Donnell, ex- consultor da Unesco; Flávio Gikovate, psicoterapeuta; Eugênio Mussak, consultor de Educação Corporativa; Simon Franco, consultor para desenvolvimento gerencial de empresas; e Susy Fleury, psicóloga.

Em cada palestra, os participantes que contribuírem com um quilo de alimento não perecível receberão, gratuitamente, um livro de autoria do conferencista. Esses alimentos serão enviados posteriormente para instituições que dão assistência a pessoas carentes, como creches e asilos.

Além disso, antes da apresentação pela manhã, será oferecido café da manhã para todos os inscritos e também um chá da tarde após as conferências da tarde. Serão fornecidos ainda certificados de participação. O conjunto de palestras é amplo. A psicóloga Susy Fleury, por exemplo, irá falar dos aspectos emocionais em uma organização. "Vivemos num mundo que se caracteriza, principalmente, pela busca incessante de resultados. Essa é a palavra de ordem atualmente. E o grande desafio de todos que trabalham para perpetuar empresas ou instituições é procurar o melhor caminho na direção da excelência, da perfeição ou seja, o caminho que nos leve a resultados ainda mais significativos, resultados vencedores." diz.

"Resultados ,como o próprio nome, são conseqüência de alguma coisa que se faz. Então, quando me proponho trabalhar com o tema "Competência Emocional ? O Caminho da Vitória para Equipes Empresariais", procuro relacionar diretamente o conceito de resultados à excelência das ações e atitudes, proporcionando aos profissionais uma oportunidade de vivenciarem algumas experiências e reflexões sobre o melhor caminho para aqueles que procuram a tão sonhada vitória."

O ex-consultor da Unesco Ken O? Donnell, coordenador da Organização Internacional Brahma Kumaris, também se dedica ao preparo emocional dos profissionais. Mas ele destaca ainda a habilidade intelectual para lidar com determinadas circunstâncias profissionais. Seu tema será Gestão no Caos. "Lidar com a dificuldade econômica e a novidade que a evolução tecnológica e organizacional traz, inevitavelmente implica em mudanças na cultura organizacional das instituições públicas e privadas. A paralisia de implementação das transformações necessárias é comum. Falta de comunicação, falta de compromisso, corporativismo e ceticismo acabam matando os melhores planos. Freqüentemente, a causa disso é a ausência de um plano paralelo que aborde os valores e habilidades humanas desejados no nível pessoal e de equipe. Sempre vale a pena preparar as pessoas intelectual e emocionalmente para as implicações de trabalhar na nova realidade. A educação tem o papel fundamental nisso", lembra.

Segundo ele, muitas vezes a energia humana da organização se perde em confusão e conflitos e a adaptação à nova cultura é insuficiente. A otimização do potencial humano para trabalhar de forma mais integrada acaba sendo um fator crucial de sucesso ou fracasso."

De acordo o Simon Franco, consultor gerencial de empresas e presidente da TMP WorldWilde para a América Latina, o autodesenvolvimento é a única forma de se manter sempre atualizado e evitar a obsolêscencia. Este conceito fundamental inclui dois aspectos: os conhecimentos e as capacidades exigidas pelo trabalho e as formas de ser e de agir do profissional. Ele lembra que há um conjunto de critérios que permitem avaliar o autodesenvolvimento. O objetivo é atingir o perfil de um profissional capaz de atuar com sucesso frente ao mundo em transformação permanente. No seu livro Criando o Próprio Futuro (Editora Futura) ele definiu dez mandamentos do autodesenvolvimento. São eles: apresentação pessoal, facilidade de relacionamento, facilidade de comunicação, rapidez de raciocínio e decisão, criatividade, liderança, capacidade observação, capacidade de persuasão, determinação e resistência a frustração.

No primeiro item, ele adverte, não significa luxo, mas os cuidados dispensados para manter uma aparência agradável. No aspecto de convivência com as pessoas, ele diz: "Se você está sempre em conflito com todo mundo, é grande a probabilidade de você estar sendo um verdadeiro chato, em vez de os chatos serem os outros. ? necessário criar um ambiente de harmonia durante as atividades profissionais."

Quanto à determinação, diz Franco: "Não se deve esperar que alguém sempre lhe diga o que fazer e cobre prazos, mas adotar como suas as metas e cronogramas exigidos pelo trabalho, cumprindo-os com segurança e independência. Quanto mais se é capaz de resolver problemas ou propor soluções, mais importante você vai se tornar dentro da empresa, ganhando confiança e respeito. Isso não significa uma atuação isolada."

Outro importante fator dos tempos modernos o qual o consultor chama atenção é para a capacidade de resistência a frustração. "O equilíbrio emocional é de extrema importância nas situações profissionais. Muito mais do que manter a "cabeça fria", o profissional de sucesso consegue incorporar emocionalmente os desafios que tem de enfrentar no trabalho, em vez de considerar o emprego como um fardo", diz. Ao se tornar um agente de mudança, qualquer um passa a sofrer com as resistências de pessoas que ainda não deram o primeiro passo para a modernização. Tais resistências não podem gerar frustração nem conflitos emocionais.

Fonte: O Estado de S. Paulo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.