text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Fenãt: Oracle orienta sobre carreira na área

      
A subsidiária da Oracle no Brasil vai à Fenãt com o objetivo de expor seus produtos ? como plataformas de ensino a distância ? , experiência com sua universidade corporativa e também com a proposta de apresentar a profissionais e estudantes as perspectivas de carreira na área de tecnologia, explica George Necyk, gerente de Educação da empresa no País.

"Buscamos tanto diálogo com estudantes como com empresas." Necyk diz que um dos principais diferenciais para atrair público Oracle será a oportunidade de conhecer toda a tecnologia da marca quanto de seus parceiros. "Uma equipe estará disponível para responder perguntas. Também mostraremos recursos audiovisuais."

O gerente da Oracle avalia que há bons profissionais formados do ponto de vista acadêmico no setor de desenvolvimento de tecnologias. Mas há um espaço que precisa ser preenchido, que é o conhecimento técnico mais específico, o que pode se constituir em um bom nicho de formação para quem almeja entrar nas áreas de tecnologias ligadas ao software e ao desenvolvimento de banco de dados e inteligência de negócios.

Universidade Corporativa A empresa também aproveita a oportunidade para apresentar ao mercado a sua experiência de criação de uma instituição desse tipo. Em princípio, conta o gerente, quando se criou a Oracle University, não se tinha tanta expectiva quanto aos cursos ministrados a distância. "Só que o resultado nos surpreendeu. Em março, abril e maio de 2001, foram formados 15 profissionais por meio de programas a distância. No mesmo período deste ano, 300." Ele destacou que essa metodologia tem representado economia de custos e tempo para os profissionais. Ela também tem se revelado cada vez mais eficaz para aqueles que buscam a atualização para obter a certificação dos produtos Oracle.

A Oracle mantém convênio com 100 centros de treinamento. Eles já contam com uma plataforma de ensino a distância, na qual é possível aprender por meio de portais educacionais. Os cursos mesclam aulas presenciais com ensino a distância.

Grande parte das pessoas que buscaram os cursos via internet foram de forma independente e, para Necyk, este é um indicativo promissor para o futuro dos cursos a distância. Segundo ele, se o profissional faz busca certificação em banco de dados, de forma presencial, ela terá cinco módulos e cinco exames. Deverá ser feito em pelo menos seis meses. E isso exige que o profissional se afaste da empresa. No caso de um programa com recursos de e-learning (com uso de internet), o tempo de duração cai para três meses. O profissional também obtém certificação DBA (banco de dados).

Futuro ? Necyk aproveita a ocasião da feira para discutir sobre um mercado novo que está surgindo e carece de bons fornecedores de contéudo. Ele diz que hoje a tecnologia de desenvolvimento de software requer um investimento considerável mas já é uma tecnologia conhecida. "Partimos agora para uma grande discussão sobre padrões de conteúdo. Por enquanto, as universidades têm sido boas fontes."

Fonte: O Estado de S. Paulo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.