text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Encontro tem início amanhã

      

Começa amanhã na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) o encontro nacional do Grupo de Etnia, Gênero e Raça (Geterg) do Sindicato Nacional dos Docentes (Andes). O grupo de trabalho vai contar com a participação de diversas entidades que atuam na defesa dos direitos da mulher, dos negros e dos índios.

A abertura do encontro será marcada com uma visita à Sesmaria Vida Boa -- na comunidade de Mata Cavalo, localizada às margens da MT-060, no município de Nossa Senhora do Livramento, a 50 quilômetros de Cuiabá. Os professores vão conhecer de perto a realidade de 300 famílias remanescentes de quilombo, que há anos lutam para ter direito à posse da terra. Logo após a visita ao quilombo, amanhã à tarde, os professores farão debates, palestras e mesas-redondas, na UFMT.

"Vamos discutir outros pontos, como a política de cotas. Hoje se fala muito neste assunto, cotas para negros em universidades, para mulheres no mercado de trabalho, para estudantes das escolas públicas, enfim, queremos debater esses temas. Será que a política de cotas é uma ação afirmativa ou compensatória, ou seja, será que é boa de fato ou não passa de um paliativo para um problema bem mais amplo?", questiona Carlos Roberto Sanches, primeiro vice-presidente regional da Andes.

Todos os assuntos discutidos pelo grupo de trabalho vão se transformar em um documento que será encaminhado para o encontro do Conad (Conselho Nacional do Sindicato dos Docentes) que será realizado em outubro em Belém, no Pará.

Para encerrar o encontro, os professores irão conhecer um pouco da realidade indígena de Mato Grosso. Nos dias 24 e 25 (sábado e domingo), o grupo viaja para a aldeia Seringal, do povo Pareci, localizada no município de Campo Novo do Parecis. Dados do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) apontam que das 58 terras indígenas localizadas no Estado, 43,3% estão irregulares.

Fonte: A Gazeta de Cuiabá
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.