text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Países do Mercosul vão conciliar currículos da educação profissional

      
A Comissão Coordenadora Regional de Educação Tecnológica do Mercosul, vai se reunir amanhã e sexta-feira, em Buenos Aires, para compatibilizar os currículos profissionais dos cursos de Mecânica Industrial e Mecânica Automotiva oferecidos em escolas Técnicas e Agrotécnicas nos países do Mercosul (Argentina, Brasil, Chile, Bolívia, Paraguai e Uruguai).

No Brasil, esses cursos são oferecidos nas escolas federais e Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefet) e escolas Agrotécnicas. Os currículos comuns atendem os objetivos da mobilidade de alunos, professores e profissionais entre os seis países, além de concretizar a integração regional.

Representam o Ministério da Educação no seminário, a coordenadora-geral de Educação Profissional da Secretaria de Educação Média e Tecnológica (Semtec/MEC), Cleonice Rehem, e os professores João Antônio Allemand e Carlos Alberto Bock, ambos do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet), do Rio Grande do Sul.

Além de reuniões presenciais, os coordenadores e professores desenvolvem o trabalho usando recursos virtuais da internet. A harmonização dos currículos destas duas áreas deverá ser concluída em outubro, explica Cleonice Rehem. Mas este ano também será compatibilizado o currículo de Técnico em Gestão.

No Brasil, quase todos os centros e escolas federais de Educação Tecnológica oferecem cursos de Mecânica Industrial. Daí a importância da compatibilização curricular desta área. Já os cursos de Mecânica Automotiva estão centralizados em escolas federais do Paraná, Pará, Pelotas e Porto Alegre (RS).

Fonte: Agência Brasil


  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.