text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Gurupi será sede do Projeto Ciranda amanhã

      
Quase tudo pronto para a realização do Projeto Ciranda, uma iniciativa da Organização Jaime Câmara/TV Anhanguera e da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Unirg/Fafich), que acontece amanhã, das 12 às 17 horas, no complexo do Sesi/Senai, em Gurupi. Os detalhes finais foram discutidos na tarde de ontem no auditório da Unirg/Fafich, durante uma reunião entre os parceiros.

Na ocasião, foi explicado detalhadamente o funcionamento de toda a parte estrutural do evento. Estiveram presentes representantes da Polícia Militar (PM), da Secretaria Municipal de Educação, patrocinadores, professores das redes pública e particular de ensino, além de representantes da comunidade.

O Projeto Ciranda será gratuito e terá diversas atividades recreativas, como jogos, brincadeiras e ginástica. Além disso, alunos da Unirg/Fafich vão promover diversas atividades educativas e culturais. Os estudantes do curso de Enfermagem, por exemplo, vão auxiliar na aplicação da segunda dose da vacina contra paralisia infantil.

Na reunião, a diretora-geral da OJC no Estado do Tocantins, Fátima Roriz, enfatizou a importância da colaboração de todos para a realização do evento, especialmente dos universitários. "O futuro está na criança, mas a força está no jovem universitário".

Ela também destacou a hospitalidade da cidade de Gurupi. "Nós já fizemos dois outros eventos aqui e tenho certeza que o Projeto Ciranda será um sucesso. O pai que trouxer o seu filho só terá a ganhar, pois lá ele só vai aprender e ser feliz".

Segurança

Um dos temas mais abordados no encontro foi a questão da segurança. As crianças serão levadas à entrada do local, onde serão recebidas por monitores do curso de Pedagogia da Unirg/Fafich. O transporte será feito em 15 ônibus personalizados com animais da região, para facilitar o trabalho dos coordenadores. Os veículos farão um percurso das portas das escolas e entidades para o complexo Sesi/Senai.

De acordo com o tenente Lysaneas Maciel, a PM de Gurupi disponibilizará 60 homens para cuidar da segurança das crianças e também para apoiar na organização. Todas as crianças serão identificadas através de crachás com o nome e a escola a qual pertencem.

A organização do Projeto Ciranda também pede a colaboração dos pais, acompanhando as crianças ao local. "Mesmo com a presença dos monitores, é fundamental que pais de crianças menores de dez anos colaborem e acompanhem seus filhos", disse o assessor de extensão da Unirg/Fafich e um dos organizadores do evento, Antônio César Melo.

Fonte: Jornal do Meio Norte - Teresina
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.