text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

A formação do Educador Virtual

      

4º Encontro de Informática na Educação
Palestra:
"Formação do Educador Virtual"
Palestrante:ÿ Wilson Azevêdo, Diretor de ?tica e Qualidade da ABED (Associação Brasileira de Ensino a Distância) e diretor técnico-pedagógico da Aquifolium Educacional

Para o Diretor de ?tica e Qualidade da ABED (Associação Brasileira de Ensino a Distância), Wilson Azevêdo, "o grande problema do educador virtual de hoje é o deslumbramento". Segundo ele, os educadores, ao ter o primeiro contato com a potencialidade da tecnologia, logo pensam onde podem utilizá-la. "Isso é uma inversão completa, que leva ao uso desenfreado de recursos, absolutamente sem propósito, que mais desviam a atenção do aluno do que ensinam", defende.

O professor demonstrou quais são as principais características da educação virtual, destacando seu caráter multissíncrone - permite que sejam realizadas atividades tanto simultâneas como em tempos diferenciados - o que amplia as condições de aprendizado. E chamou a atenção para o fato de que, em se tratando de Internet, o principal recurso é o texto, o que causa uma grande mudança na forma de ensinar, pois tradicionalmente o padrão educacional é oral.

Para esta nova realidade, Azevêdo aponta quais as principais competências exigidas dos educadores virtuais:

  • capacidade de incentivar a troca e o compartilhamento de descobertas dentro da comunidade
  • capacidade de ajudar a comunidade a encontrar seu ritmo de interação e de trabalho, seu estilo coletivo, sua personalidade comunitária
  • capacidade de interagir na comunidade com todos os seus componentes, especialmente os que chegam e os que se afastam por motivos diversos
  • capacidade de mobilizar a comunidade em torno de sua própria aprendizagem de fomentar o debate, de manter o clima para a ajuda mútua, incentivando cada um a se tornar responsável pela motivação de todo o grupo
  • deixar o espaço aberto para emergência de outras lideranças comunitárias, ajudando a comunidade de aprendizagem a localizar líderes em potencial

Azevêdo mostra, também, como desenvolver essa competência:

  • sendo um aluno online (a experiência de estudar de maneira não-presencial é a melhor forma de entender como ele funciona)
  • trabalhando com um visão panorâmica da educação online (sabendo que ela significa o fim de cargas horárias 100% presenciais)
  • refletindo sobre os fundamentos das práticas e estratégicas de ensino online (é preciso conhecer o que já está sendo feito)
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.