text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Concluída reforma do Inep

      
Professores, funcionários e pesquisadores do Instituto de Eletrônica de Potência (Inep) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) recebem nesta segunda-feira às 15 horas a visita do reitor Rodolfo Pinto da Luz, do diretor do Centro Tecnológico, Ariovaldo Bolzan e do chefe de departamento de Engenharia Elétrica, Jorge Campagnollo, que conhecerão as novas instalações do Instituto depois de terminada a reforma que teve início em março e significou um ganho de 400 metros quadrados em área útil. Serão apresentados aos visitantes um pouco do trabalho que vem sendo realizado desde 1979, quando o Inep ainda se chamava Laboratório de Máquinas Elétricas e Eletrônica e de Potência (Lamep).

O Instituto é considerado como o segundo grupo universitário de pesquisa em eletrônica de potência mais importante do mundo em produção e geração de conhecimento e tecnologia. Isso pode ser comprovado, por exemplo, em números: 30 teses e 151 dissertações defendidas, 529 artigos publicadas, cinco livros e uma centena de parcerias com empresas de expressão internacional como Embraco e Siemens. O Inep também mantém convênios com importantes centros de pesquisa mundiais dos EUA, México, Canadá, Inglaterra e países latino-americanos.

Oferecendo espaço para pesquisas em graduação, mestrado e doutorado, o Instituto cumpre com um de seus objetivos que é o de formar engenheiros especialistas em eletrônica de potência. "Muitos dos pesquisadores que passaram pelo Inep e aqui tiveram parte de sua formação hoje trabalham nas empresas que mantém parceria com o instituto. Ou seja, o Inep contribui com setor empresarial não apenas produzindo conhecimento e transferência de novas tecnologias, mas também ajudando na formação de mão-de-obra especializada", explica o professor responsável, Ivo Barbi.

Fonte: A Noticia - Joinville
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.