text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Abstenção do Enem chega a 20% no MT

      
A abstenção no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) alcançou o índice de 20,2% em Mato Grosso do Sul. Dos 42,7 mil candidatos inscritos, 8,6 mil não fizeram o Provão do MEC aplicado no último domingo, em 18 municípios do Estado. Segundo os representantes da Fundação Cesgranrio, responsável pela aplicação das provas, o feriado de aniversário da Capital pode ser um dos motivos para o alto número de faltas. Só em Campo Grande, a abstenção foi de 23%.

"Acreditamos que muitos candidatos ainda estão cursando o 2º ano do ensino médio e os pais preferiram a viagem ao teste", explicou a responsável pela aplicação das provas em MS, Neuza Santiago Mores.

Neuza Santiago também esclareceu que muitos candidatos confundiram o horário de realização do Provão. "Em todas as escolas, pelo menos três candidatos atrasaram cerca de 60 minutos, por acreditar que os portões seriam fechados no horário de Brasília".

Cento e três pessoas fizeram o Enem em Mato Grosso do Sul mesmo não constando nas listas de inscritos do Ministério da Educação. Eles tiveram que ser implantados nos locais das provas, porque tinham o protocolo por meio do qual se inscreveram, mas por algum motivo as escolas ou até mesmo a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) não efetivaram a inscrição.

Para a coordenadora Estadual do Enem, Nelice Pereira Sales, o alto índice de ausência pode ser atribuído ao feriado prolongado em Campo Grande, já que muita gente aproveitou para viajar e, principalmente, porque este ano a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) não exigiu o exame como condição obrigatória para os vestibulandos do ensino médio

"Apesar da gratuidade, o índice foi alto", disse Nelice Pereira. O desempenho dos alunos no Enem é usado pelo Ministério da Educação para avaliar o sistema de ensino. A coordenadora estadual acredita que o levantamento não deve ser prejudicado pelo índice de abstenções, pois "a presença pode ser considerada significativa", avaliou.

Resultados

O índice de presença no Exame Nacional do Ensino Médio em todo o País só deve ser divulgado pelo Ministério da Educação nos próximos dias.

Os candidatos recebem a partir da segunda quinzena de novembro o boletim individual de resultados, com duas notas, uma para a parte objetiva da prova e outra para a redação e, ainda, uma interpretação dos resultados obtidos para cada uma das cinco competências avaliadas nas duas partes da prova.

Fonte: Correio do Estado


  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.