text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Aberta possibilidade de cooperação da UFMT com universidades canadenses

      
O governo canadense abriu a possibilidade de cooperação com a UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) com a participação de universidades daquele país. O assunto foi tratado nesta terça-feira, em Ottawa, pelo reitor Paulo Speller. A prioridade é para os assuntos indígenas e de conectividade. Em reunião com Speller, ontem, o embaixador Henrique Valle, manifestou apoio aos projetos da UFMT, cujo encaminhamento terá total atenção de sua parte.

Duas propostas foram apresentadas ontem, no Instituto de Conectividade das Américas (ICA), em Ottawa: a cooperação para uma articulação entre os movimentos sociais indígenas do Brasil e daquele país, por meio de centros de divulgação de bens culturais e para a criação de um centro tecnológico de educação e formação para a cidadania. Esse centro permitirá a conexão entre os quatro campi da UFMT, os sete pólos regionais de educação a distância e maior diálogo com a sociedade. Os documentos começaram a ser elaborados no início deste mês, quando esteve na UFMT a Terceira Secretária da Divisão Econômica e Política da Embaixada do Canadá no Brasil, Jennifer Loten.

Paulo Speller, cuja viagem está sendo integralmente coberta pelo governo canadense, permanece no país durante uma semana. De quinta a sábado ele participa, em Quebec, da reunião do Conselho de Orientação do Cãrenad (Centro de Aplicação, Estudos e Pesquisa em Educação à Distância). Trata-se de um programa com recursos da ordem de 6 milhões de dólares para serem investidos em cinco anos e ao qual se integram Canadá, Brasil, Costa Rica, Chile, Senegal e Ilhas Maurício. Nesta etapa os conselheiros preparam o Cãrenad 2, projeto que deverá se desenvolver em 2004. O primeiro projeto, que está em andamento, termina em dezembro de 2003.

Fonte: Diário da Serra - Tangará da Serra



  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.