text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Robocon termina e um brasileiro está entre os vencedores

      
Após duas semanas de trabalho, a 13ª edição do International Design Contest (IDC) - ROBOCON chegou ao fim. A competição avalia projetos de robôs desenvolvidos por universitários de países como Alemanha, Estados Unidos, França, Japão, Inglaterra e Coréia, além do Brasil. O projeto tem como objetivo melhorar a formação dos estudantes de engenharia mecânica e eletrônica, praticando desde a concepção até o teste efetivo das máquinas, e foi realizado em Boston, nos Estados Unidos.

A Agência Estado, braço de informações para negócios do Grupo Estado, foi uma das patrocinadoras dos participantes brasileiros no IDC - ROBOCON?02. A competição foi iniciada em 1992 a partir de uma iniciativa do Massachusset Institute of Tecnology (MIT) e do Instituto de Tecnologia de Tóquio (TITech).

Cada país levou, em média, 6 alunos e um professor que, no caso do Brasil, foi Izabel Fernanda Machado do Departamento de Engenharia Mecatrônica e de Sistemas Mecânicos da USP. Os seis participantes brasileiros são estudantes da Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo).

Chegando lá, os alunos foram divididos em oito grupos, contendo participantes dos diferentes países, e os professores se revezaram na assistência. Com essa divisão, o projeto visou a colaboração de diferentes culturas para a superação das etapas propostas.

A vencedora foi a equipe formada pelos alunos Alexandre Takashi Ushima, do Brasil, 19 anos, Eo Jin Park, da Coréia, Martin Joinikas, dos Estados Unidos, Julien Barrier, da França e Gerald Hill, da Alemanha. A disputa final ocorreu contra uma equipe, da qual fazia parte outro brasileiro, David Nery Python, 18 anos. O prêmio foi um troféu, uma medalha e um certificado de participação.

O professor Nicola Getschko, coordenador da IDC-ROBOCON no Brasil e responsável pela área de Projetos do Departamento de Engenharia Mecatrônica e de Sistemas Mecânicos da USP, afirma que "participar da IDC-ROBOCON é uma experiência única para os alunos, não só por terem a oportunidade de estar em compania de professores e colegas de algumas das melhores escolas de Engenharia do mundo, como pela"lição de vida" que a IDC traz, mostrando que a cooperação entre os diferentes povos não só é possível como é a melhor maneira de superar as dificuldades de nossos tempos".

Essa foi a 13ª edição da competição, que já ocorreu na Alemanha, na Inglaterra, na Coréia, no Japão, uma outra vez nos Estados Unidos e, em 1998, no Brasil.

Fonte: USP
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.