text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Reitor reeleito vai dar continuidade a programas

      
A busca por recursos alternativos para o financiamento da universidade é um dos principais desafios do reitor Egon Schramm, reeleito, terça-feira, para um mandato de quatro anos na Universidade Regional de Blumenau (Furb). Ele será nomeado pelo prefeito Décio Lima e empossado no dia 25 de outubro.

Egon Schramm e seu companheiro de chapa, Rui Rizzo, obtiveram 71,8% do total de 4.291 votantes, correspondentes a 24,4% dos 17.545 funcionários, professores e alunos que estavam aptos a votar. A apuração começou às 22 horas, e o resultado foi conhecido por volta da meia-noite de terça-feira.

Com a reeleição de Schramm, a comunidade acadêmica aprovou um programa para a Furb feito com base num planejamento que a universidade fez há dois anos e que se encontra em curso. "Pretendemos dar continuidade a muitos dos programas já iniciados, reavaliando a direção de alguns, além de implantar outros", disse Schramm.

Como inovação para o seu segundo mandato, ele anunciou um "salto de qualidade" no sentido de buscar recursos. "Queremos buscar mais programas que subsidiem as mensalidades dos alunos, recursos de projetos de fundos setoriais que estão disponíveis em nível federal, recursos através da ampliação da prestação de serviços dos nossos institutos, buscar a auto-suficiência de determinados órgãos da universidade como os institutos, a Furb TV e a editora, uma interação maior com os órgãos governamentais, sobretudo as secretarias, quer em nível estadual ou municipal para desenvolvimentos de projetos específicos".

Conforme o reitor, hoje a Furb está mais gabaritada do que esteve no passado, "porque hoje temos grupos de pesquisa, de desenvolvimento e de extensão bastante consolidados".

Os adversários de campanha questionaram os cursos da Furb, dizendo que muitos deles não são compatíveis com o mercado. Schramm salienta que a instituição deve oferecer serviços considerando o mercado, evidentemente, mas não pode ficar a reboque dele. "Muitas vezes, temos de mudar a direção. Esse é o papel da universidade", sentencia.

Fonte: A Noticia - Joinville


  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.