text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Alunos interrompem a Constantino Nery

      
Uma manifestação realizada no final da tarde de ontem pela União dos Estudantes Secundaristas do Amazonas (Uesa) em defesa da meia passagem interrompeu por pouco mais de 20 minutos o trânsito da avenida Constantino Nery. O protesto foi promovido em frente à Escola Estadual Solon de Lucena, no São Geraldo, Zona Centro-Oeste, escolhido por causa da retirada de um posto de venda de passes. Alunos do colégio se dividiram entre apoio e críticas à manifestação.

Entre os alunos contrários ao protesto estavam as estudante do 1º ano do ensino médio Marinalva Brilhante, 17, Marta Magalhães, 17, e Laiane Araújo, 17, que afirmaram não concordar com a idéia de atrapalhar o trânsito como estratégia para chamar a atenção para reivindicações. "Isso só prejudica as pessoas que nem têm como decidir sobre esse assunto", enfatizaram, acrescentando que o protesto perdeu o sentido quando alguns integrantes passaram a proferir agressões verbais contra a diretora da escola.

Para a diretora da escola, Juliana Gadelha, a manifestação tem apenas motivações políticas. "Se eles quisessem mesmo resolver alguma coisa fariam esse protesto em frente a EMTU (Empresa Municipal de Transportes Urbanos).

Fonte: A Crítica - Manaus


  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.