text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

MEC oferece 40 mil bolsas

      
Começam hoje as inscrições para o Programa de Financiamento Estudantil (Fies) do Governo federal. Até o dia 25, estudantes de faculdades particulares poderão se cadastrar para concorrer a uma das 40 mil bolsas oferecidas neste semestre pelo Ministério da Educação. O programa, antigo Creduc, financia até 70% do valor da mensalidade universitária, com juros de 9% ao ano. O bolsista só começa a pagar um ano após a conclusão do curso. O saldo devedor restante será parcelado em até uma vez e meia o período de utilização do crédito.

Para conseguir o financiamento, o estudante precisa apresentar um fiador com renda comprovada de, no mínimo, o dobro da mensalidade integral do curso. Não são aceitos como fiadores o cônjuge do aluno ou quem já é beneficiado pelo programa. As inscrições podem ser feitas pela Internet, na página da Caixa Econômica Federal. Podem se candidatar estudantes de graduação de cursos cadastrados no programa e com avaliação positiva no Provão do MEC.

Quem estiver em atraso com as parcelas no período de matrícula não vai conseguir renovar a bolsa. O resultado sai dia 15 de outubro. Para saber se seu curso está cadastrado, é preciso consultar a página do MEC na Internet (https://www.mec.gov.br). A assistente em publicidade Flávia Medeiros Barboza, 25 anos, concluiu o curso de Marketing com a bolsa de 70% que recebeu. O prazo de carência terminou e agora ela está renegociando a dívida para não deixá-la para o fiador.

Veja quais são as exigências

- Bolsa: Até 70% da mensalidade, com juros de 9% ao ano. Os outros 30% devem ser pagos pelo estudante.
- Inscrições: Podem ser feitas pela Internet (https://www.caixa.gov.br) ou na própria faculdade.
- Garantias: O MEC exige fiador com renda comprovada de no mínimo duas vezes o valor da mensalidade.
- Exigências: Comprovar necessidade, ter 75% de aprovação nas disciplinas e não atrasar prestações.
- Renovação: ? anual; quem estiver em atraso no período da matrícula perde a bolsa.
- Carência: Um ano após a conclusão do curso para começar a pagar a dívida.
- Saldo devedor: A dívida pode ser paga em até uma vez e meia o tempo de financiamento. Se o curso for em quatro anos, o débito deverá ser quitado em seis.

Dúvidas: Fale Conosco (fies@sesu.mec.gov.br), Fala Brasil (0800-550101) ou no site https://www.mec.gov.br.

Fonte: O Dia
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.