text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Facom promoveu seminário sobre ciberpesquisa

      
Facom, Mais uma vez a Faculdade de Comunicação (Facom) da Universidade Federal da Bahia (Ufba) inovou, dando um passo à frente na pesquisa sobre cibercultura. A Facom promoveu, na semana passada, em seu auditório, no campus de Ondina, o III Seminário Anual do Ciberpesquisa, apresentando o andamento dos projetos que estão sendo desenvolvidos na faculdade. A próxima atividade do grupo de ciberpesquisa será a mesa-redonda Tecnologias de Comunicação e Informação e Processos de Inteligência Coletiva, fruto de um projeto conjunto envolvendo a PUC-SP, Facom-Ufba e a University of Ottawa, com André Lemos (Facom-Ufba), Rogério da Costa (PUC-SP) e Pierre Lévy (University of Ottawa - Canadá). O evento está marcado para o dia 2 de setembro, no Auditório da Facom, no PAF de Ondina.

O pesquisador e filósofo francês Pierre Levy é um dos maiores expoentes mundiais sobre o assunto. Ele é autor de diversos livros, inclusive os famosos A inteligência coletiva, As tecnologias da inteligência, Cibercultura e O que é o virtual. Sua obra discute assuntos como a nova cultura interconectada da internet, temas relacionados a virtualização do saber e da comunicação, ao impacto da tecnologia e da virtualidade, às implicações sociológicas e políticas, às mudanças na educação e à economia do conhecimento, entre outros.

Discussões - As discussões este ano abordaram temas como: Underground, arte e corpo na cibercultura; democracia da memória e da informação - os museus virtuais totais; a dinâmica da cibercomunicação científica em listas de discussão; aspectos da mediação entre usuário e tecnologia; comunicação e marketing na internet; mapeamento de características e tendências no jornalismo on-line brasileiro. Nesse ponto, foram questionados cinco aspectos do jornalismo online: interatividade, multimidialidade, personalização, memória e hipertextualidade.

A exemplo da primeira edição do seminário, que deu origem ao livro Janelas do ciberespaço (editora Sulina, 2000), o deste ano também deverá ter sua versão impressa até o final de 2002 ou início de 2003.

Referência em cultura contemporânea

Fundado em 1996, o grupo de Ciberpesquisa da Facom foi pioneiro no Brasil e é hoje uma grande referência nacional, atraindo a atenção de pesquisadores de todo o país. Ele foi constituído no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, fazendo parte da linha de pesquisa coordenada pelos professores doutores, Marcos Palácios e André Lemos.

Com a implantação de novos projetos e do intercâmbio com outras universidades, foi formado o primeiro Centro de Estudos e Pesquisa em Cibercultura brasileiro, que visa divulgar e promover projetos de pesquisa Cibercultura e Novas tecnologias de comunicação.

O grupo de Ciberpesquisa congrega professores, doutorandos, mestrandos e bolsistas de iniciação científica da faculdade. Os pesquisadores desenvolvem projetos relacionados a cibercultura e seus desdobramentos, como jornalismo on-line, comunidades virtuais, ciberespaço, comércio eletrônico, educação a distância, arte eletrônica, desenvolvimento web, ciberpolítica, cyberpunks, entre outros.

Fonte: Correio da Bahia - Salvador
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.