text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Sugestões de ações no âmbito dos programas emergenciais e suplementares para públicos específicos

      

  • Organizar ou subsidiar bancos de alimentos nas cidades de médio e grande porte.
  • Promover a compra da produção de pequenos produtores para a constituição de cestas básicas.
  • Contribuir com a distribuição de alimentos para grupos populacionais com carências específicas (crianças, idosos e portadores de deficiências e enfermidades), apoiando o trabalho das entidades que atuam junto a esses grupos.
  • Promover campanhas de arrecadação de alimentos envolvendo seus funcionários e fazer doações complementares para cestas básicas.

    Alimentação escolar

  • Apoiar o aprimoramento da alimentação escolar oferecida nas escolas públicas com vistas a melhorar o cardápio, introduzir alimentos regionais típicos, favorecer a participação de fornecedores locais e ampliar a oferta de refeições.
  • Apoiar com recursos humanos e financeiros programas municipais ou locais de erradicação da subnutrição pela adoção de merenda enriquecida em creches e escolas de educação infantil, públicas e comunitárias.
  • Apoiar ações de capacitação de merendeiras e cozinheiras de instituições de educação infantil para aproveitamento integral dos alimentos e utilização de multimistura.
  • Apoiar a constituição de grupos comunitários de produção de multimistura para enriquecer a alimentação escolar.
  • Contribuir com a formação de fundos de apoio para redes de grupos locais capazes de gerenciar ações de segurança alimentar.

    Aleitamento materno

  • Estimular dentro das empresas a conscientização para a importância do aleitamento materno e garantir as condições necessárias para que as profissionais da empresa possam amamentar seus filhos até os seis meses.
  • Apoiar com recursos materiais e humanos a realização da Semana Mundial do Aleitamento Materno e outras campanhas de promoção do aleitamento, que sensibilizem e envolvam profissionais da saúde, serviços hospitalares e a opinião pública, difundindo informações corretas à população sobre a importância dessa prática.
  • Apoiar com recursos materiais e humanos programas de capacitação de profissionais da saúde sobre os procedimentos para promover o aleitamento materno em hospitais públicos e privados, postos de saúde e ambulatórios.
  • Apoiar com recursos materiais e humanos campanhas de monitoramento das condições de aplicação da Norma Brasileira para Comercialização de Alimentos para Lactentes, Crianças de Primeira Infância, Bicos, Chupetas, Mamadeiras e Protetores de Mamilo.

    Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional - Sisvan

  • Onde o sistema não está implantado, apoiar as iniciativas necessárias para sua implantação, tais como doação de redes informatizadas (computadores, servidores, softwares e operadores de redes) e aporte financeiro para programas de capacitação das equipes de saúde e para implantação de rotinas de atendimento.
  • Onde o sistema já está implantado, apoiar material e financeiramente a ampliação do público atendido.
  • Apoio material e financeiro para a produção de materiais de orientação alimentar e nutricional, prevenção de obesidade, livros de receitas para uma alimentação saudável etc.
  • Apoio material e financeiro para a realização de eventos que sistematizem e ampliem as experiências acumuladas.

    Inclusão social de catadores

  • Contribuir com as organizações sociais e entidades, especialmente de catadores, que trabalhem na realização de projetos de erradicação de lixões e de implantação de sistemas de gestão socioambiental de resíduos sólidos baseados na coleta seletiva e na reciclagem.
  • Apoiar com recursos materiais e humanos e participar ativamente na implantação de sistemas de coleta seletiva de resíduos com inclusão social, participando do planejamento, construindo pontos de coleta, cedendo ou doando veículos para o transporte dos materiais separados etc.
  • Apoiar com recursos materiais e humanos a implantação de centrais de reciclagem de catadores organizados - instalações físicas, equipamentos e capacitação dos profissionais.
    Dar suporte social e econômico às famílias egressas de lixões e catadores no período de estruturação de suas associações e de implantação de coleta seletiva.
  • Apoiar com recursos materiais e humanos a realização de campanhas e programas de educação socioambiental voltados para a redução da geração de resíduos e conscientização para sua destinação para a cadeia do reaproveitamento.

    • Fonte:

    Tags:

  • Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.