text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Ler é fundamental

      
Saber interpretar os enunciados das questões e os textos que aparecem nas provas é o maior desafio para quem enfrenta o vestibular e o PAS

Larissa Cristina tira de letra as questões que exigem compreensão de textos, mas é uma exceção entre os estudantes

Vestibular tem fama de difícil. A maioria dos candidatos sofre muito de ansiedade antes da maratona de provas. E na hora H, muitas vezes, a maior dificuldade não é com os conteúdos, mas com um detalhe que os estudantes acabam esquecendo durante a preparação (e que faz toda a diferença): a interpretação de textos. Sem compreender as citações feitas nos exames ou mesmo os enunciados das questões, os vestibulandos cometem inúmeros erros ou acabam desistindo de tentar responder os itens.

Professores são unânimes quanto a uma das possíveis razões dos atropelos: a falta de leitura. Os jovens não têm um hábito de ler. Hoje, existem muitos outros atrativos, mais rápidos e práticos que os livros. Eles são seduzidos por outras linguagens, afirma o professor de Literatura e História da Arte, Geovanny Cezar. A televisão e a internet ganham mais ibope com a garotada.

Francisco Carvalho Britto Neto, de 17 anos, concorda com Geovanny. Sem cerimônia, ele admite que não tem paciência para as obras literárias. Prefere os programas de TV, as salas de bate-papo virtuais e as saídas com os amigos. Tenho consciência de que isso me prejudica. Sinto dificuldades para compreender os textos e as provas, diz. Para ele, o maior problema é a falta de vocabulário.

Segundo o professor Renato Aquino, à medida que não compreendem o significado das palavras, os alunos perdem a concentração e o ânimo de continuar fazendo os exercícios. Ele ressalta que exercitar a interpretação de textos é fundamental. Tudo é treinamento, nada vem fácil, afirma.

Preocupado com a falta de treino e as dúvidas relatadas pelos alunos em salas de aula, ele decidiu escrever um livro para ajudar a sanar os problemas: Interpretação de Textos. Em mais de 500 páginas, Aquino preparou alguns capítulos teóricos e reuniu 112 textos e montou 815 questões, todas comentadas.

Para quem tem facilidade
A estudante Larissa Cristina Rabelo, de 17 anos, não enfrenta obstâculos com as palavras durante as avaliações. Amante dos livros, a jovem tira de letra as questões que exigem compreensão de textos. Para ela, o essencial é ler e desenvolver um pensamento crítico. A leitura e as discussões em sala são o melhor caminho para facilitar essa aprendizagem.

Geovanny acredita que a melhor saída é estimular, desde cedo, o gosto pela leitura. Para isso, a parceria entre a família e a escola é fundamental. Ele defende uma participação dos pais nesse processo como instigadores do conhecimento. Ele lembra, no entanto, que todo o esforço é em vão, se o aluno não tem interesse. ? preciso que o jovem descubra a importância da leitura, seja de livros, jornais ou revistas, para o próprio crescimento.

? importante ressaltar que a interpretação de textos não é necessária apenas para que o candidato obtenha sucesso nas provas de português. Muitas questões de vestibulares de Matemática, Física e Química, por exemplo, dependem exclusivamente da capacidade do estudante de interpretar enunciados e itens. ·s vezes, o aluno não consegue perceber o que está sendo pedido a ele em uma questão, diz o professor de Matemática Ricardo Macedo. Ele responsabiliza também a escola. Ele afirma que os próprios educadores não ensinam os jovens a encarar a disciplina de forma mais interpretativa.

Marcelo Portella, professor e consultor educacional, lembra que não há uma fórmula para interpretar textos. Contudo, ele reuniu dicas para facilitar a compreensão de textos no livro A arte de interpretar textos, da Editora Impetus.

Fonte: Correio Braziliense
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.