text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Abaixo a papelada

      
Quando se inventou o computador, as previsões davam conta de que o consumo de papel cairia drasticamente, substituído pela comunicação eletrônica. Na prática, isso não se comprovou - ao contrário. A difusão crescente dos computadores só fez alimentar o mercado de impressoras, papéis e cartuchos de impressão. Mas é possível resgatar as antigas previsões.

A Fundação Armando álvares Penteado (Faap), tradicional faculdade de São Paulo, é a primeira instituição de ensino de que se tem notícia a cortar de forma significativa o uso de papel em seus processos administrativos. Em parceria com a Microsoft e a integradora de sistemas Spirit, montou um sistema de informações com uso da intranet e da internet que substitui os tradicionais meios de comunicação derivados do papiro. No primeiro ano de prática, devem ser economizados R$ 6oo mil em papéis e cartuchos, informa Rafãl Possik, responsável pela gestão da informação da Faap.

Esse é o valor que podemos contabilizar. O que não dá para calcular é o ganho adicional que o sistema traz em agilidade e eficiência nos processos administrativos; diz. Segundo ele, o sistema eletrônico leva à tomada mais rápida de decisões. Não tem como fugir ao compromisso. O sistema eletrônico acusa o momento em que determinada pessoa recebeu uma solicitação, e se respondeu ou não. Fica tudo registrado; diz.

Dotado de assinatura eletrônica, o sistema permite envio de memorandos, o controle do almoxarifado e o registro do que cada departamento da faculdade consumiu. A iniciativa partiu da diretoria mantenedora e hoje atinge 230 funcionários da instituição com poder decisório. Se não tivesse firmado as parcerias e adquirido o software e o hardware por conta própria, a instituição teria investido o equivalente a R$ 6 milhões nesse projeto.

Fonte: CartaCapital
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.