text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

O cérebro que dá vida aos computadores

      
Depois que o computador surgiu e se popularizou, fica difícil imaginar o mundo sem ele. Avanços na internet, mudanças na área de comunicação e de telefonia, evoluções em setores industriais e sistemas complexos, como os utilizados pelos bancos, não seriam possíveis sem a computação. Quem utiliza esses e outros serviços automatizados diariamente não se dá conta da complexidade envolvida, mas por trás deles está um profissional responsável pelo desenvolvimento e aprimoramento de ferramentas que pretendem encontrar e suprir as diversas necessidades do mercado.

O curso de Ciência da Computação possibilita a atuação em várias áreas. Quem sai da faculdade está apto a detectar problemas, propor soluções e atuar em projetos que envolvem recursos computacionais, como banco de dados, redes, aplicativos e sistemas operacionais.

O profissional também pode trabalhar no desenvolvimento de softwares, produtos multimídia, jogos, robótica e computação gráfica. O curso tem a computação como atividade fim, ou seja, ensina como desenvolver, e não apenas como usar, a tecnologia, afirma o diretor da Faculdade de Computação e Informática do Mackenzie, Vilmar Pedro Votre.

O coordenador do curso de Ciência da Computação da Universidade de São Paulo (USP), Carlos Eduardo Ferreira, lembra que é fundamental o interesse por exatas do candidato ao curso. A computação é um campo da matemática. O estudante Elieser Lima Jupy, de 21 nos, por exemplo, decidiu tentar o vestibular para a profissão quando percebeu sua paixão pelas disciplinas exatas. Gosto de computação porque utiliza matemática e raciocínio lógico, diz. Quando sair da faculdade, ele pretende trabalhar com a elaboração de novos sistemas e softwares. Acho que não terei dificuldade para entrar no mercado de trabalho, pois maioria das empresas é informatizada, afirma. Além da facilidade de lidar com números, outras características que ajudam na profissão são a agilidade, a capacidade de análise e o raciocínio abstrato.

Upgrade ? Por ser uma área em constante modificação, o profissional de computação deve estar sempre disposto a estudar. O coordenador do curso do Mackenzie, Luciano Silva, recomenda que os alunos façam cursos de atualização sempre que possível. Os cursos de certificação em determinados produtos têm curta duração e são uma boa forma de se manter em sintonia com as evoluções da área. Carlos Eduardo Ferreira concorda. ? fácil arranjar emprego em computação, o difícil continuar empregado sem investir na reciclagem, diz ele. O mercado de trabalho é bastante amplo e absorve maior parte das pessoas que terminam a faculdade. Muitos começam a trabalhar na área ainda antes de se formar. Um recém-formado ganha entre R$ 2 mil e R$ 2.500.

Fonte: O Estado de S.Paulo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.