text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Ex-alunos do MBA da FGV-Rio poderão estudar em Portugal

      
A Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ) oferecerá a partir de 2004 a possibilidade de ex-alunos de suas turmas de MBA cursarem mestrado em gestão de empresas numa instituição de ensino portuguesa, obtendo um diploma de pós-graduação válido na Europa. O convênio firmado há dois anos com o Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE) permitirá o aproveitamento de matérias ministradas nos cursos de MBA, o que encurtará de dois para até um ano a duração do mestrado. Ainda como parte do convênio foi criado o Módulo Lisboa, semana de atividades em Portugal que permitirá a alunos e ex-alunos dos seus cursos de MBA a possibilidade obter um diploma de MBA Executivo Internacional.

A internacionalização está se refletindo em quase todas as áreas de negócios. E o comércio exterior é cada vez mais importante para o país, que necessita de elevados saldos comerciais, argumenta Paulo Lemos, superintendente da FGV Management - unidade de negócios responsável pelos cursos de MBA da fundação - no Rio de Janeiro. A primeira turma do Módulo Lisboa embarca em 22 de novembro para Portugal. Durante 5 dias, os 35 alunos assistirão a sete seminários e vão fazer visitas técnicas a empresas, num total de 40 horas de atividades.

A FGV Management Rio já conta com dois módulos módulos internacionais, nas universidades americanas de Ohio e da Califórnia. Embora a fundação não comente o assunto, sabe-se que com as exigências mais rígidas do serviço de imigração dos Estados Unidos para estudantes estrangeiros deverá aumentar a procura por cursos na Europa. Inicialmente, o Módulo Lisboa será focado na área de gestão empresarial.

Mas, em 2004, a FGV Management Rio planeja oferecer um leque mais amplo de opções, com semanas dedicadas a assuntos mais específicos, como marketing, comércio exterior, finanças, contabilidade, logística, gestão de sistemas de saúde, gestão de projetos, gestão esportiva e gestão de pessoas. A previsão dos organizadores é de que mais dez turmas de 45 estudantes viajem para Portugal, a partir de fevereiro, como parte do Módulo Lisboa. Tanto as inscrições para o Módulo Lisboa como para o mestrado do ISCTE já estão abertas. As do módulo podem ser feitas na página da FGV Management Rio (www.fgv.br/mgmrio).

No caso do mestrado em gestão de empresas, os interessados deverão ter concluído um curso de MBA da Fundação Getúlio Vargas nos últimos três anos para aproveitar os créditos cursados no Brasil. Se o diploma for mais antigo, haverá um processo de seleção especial a cargo da instituição de ensino superior portuguesa. As turmas serão de 25 alunos. Como metade das disciplinas ministradas no MBA são convalidadas, o aluno consegue concluir o mestrado em um ano, explica Marcos Vinícius Rodrigues, coordenador do Projeto Portugal, que inclui tanto o Módulo Lisboa como o mestrado no ISCTE.

Para ter validade no Brasil, o diploma da instituição portuguesa terá de ser convalidado pelo Ministério da Educação. Na prática, o processo tende a ser fácil, já que o Tratado de Amizade, Cooperação e Consulta - assinado por Brasil e Portugal em 2000 - prevê o reconhecimento de graus e títulos acadêmicos e de títulos de especialização pelos dois países. O mestrado do ISCTE oferece a visão de um país integrado à União Européia para vocês que estão construindo o Mercosul, diz Luís Reto, presidente do Indeg (Instituto para o Desenvolvimento da Gestão Empresarial), unidade do ISCTE.

Fonte: Valor Econômico
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.