text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Sucata

      
Quem vive em São Paulo terá de encontrar um argumento melhor do que o futuro emprego para fazer os filhos estudarem duro. Levantamento feito pela Secretaria do Trabalho da prefeitura mostra que o desemprego cresceu muito mais entre os universitários do que entre os analfabetos na última década na Grande São Paulo. Entre 1992 e 2001, número de desempregados cresceu 93% entre os que têm curso superior, e 41% entre os analfabetos.

Os dois índices trazem embutidos uma boa e uma má notícia. A boa é que o número de universitários cresceu 65% e o de analfabetos caiu 20,8%. A má é que o mercado não consegue absorver mão de obra com curso superior no ritmo com que as universidades a produzem.

Fonte: Folha de S.Paulo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.