text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Centros universitários se multiplicam pelo Estado

      
O número de centros universitários no País cresceu 97%, passando de 39, em 1999, para 77, em 2002, segundo informativo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, baseado em dados levantados pelo Censo da Educação Superior 2002. Das instituições em funcionamento no Brasil, 13 (17%) estão Minas, três delas entre as dez com maior número de alunos matriculados.

O Centro Universitário Newton Paiva, de Belo Horizonte, é o quinto maior em número de estudantes, com 13.145 matriculados, pouco mais da metade da maior instituição do País, o Centro Universitário da Cidade, do estado do Rio de Janeiro, com 27.353. As outras escolas mineiras que aparecem na lista são os centros universitários de Belo Horizonte e do Triângulo, em 8º e 9º lugar, respectivamente. Na lista que concentra as dez maiores instituições em número de estudantes ? que somam 146.602 alunos ? Minas ocupa o segundo lugar em volume de matrículas, com 34.280, 14.594 atrás da soma dos centros universitários paulistas.

A maioria dos alunos matriculados nessas escolas paga para estudar. Dos 77 centros do País, 74 foram construídos com capital privado. Tendência semelhante é observada em Minas. Das 13 unidades do Estado, 12 são particulares.

Em Minas, o total de cursos oferecidos nos centros universitários é de 194, apenas seis ofertados por escola pública, financiada pelo governo federal. Em todo o País, 34 cursos são mantidos com recursos públicos.

Os centros universitários têm a mesma autonomia que as universidades para criar cursos, mas não tem a obrigação de manter programas de pesquisa, extensão e pós-graduação.

Fonte: Estado de Minas
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.