text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

A TARDE leva três prêmios Coelba

      
Três trabalhos publicados em A TARDE foram vencedores do Prêmio Coelba de Reportagem 2003. A premiação, entregue ontem à noite, na Estação de Trem da Calçada, apresentou os ganhadores nas categorias Fotojornalismo, Jornalismo Impresso e Telejornalismo, que este ano foram subdivididas nas categorias Estudante, Interior e Capital.

Foi vencedor da categoria Fotojornalismo Capital, com o trabalho Ribeira Suja, o fotógrafo de A TARDE Gildo Lima, na categoria Fotojornalismo Interior, o fotógrafo Reginaldo Pereira, da Sucursal de A TARDE em Feira de Santana, com o trabalho Dura Escalada, e, na categoria Jornalismo Impresso Capital, a reportagem Nos jardins da Infâmia, publicada em A TARDE e de autoria dos repórteres Suzana Varjão, Rosana Zucolo e Ricardo Mendes.

O secretário de Redação de A TARDE, Paixão Barbosa, esteve presente à solenidade de entrega dos prêmios.

Social O Prêmio Coelba de Reportagem 2003 foi retomado depois de dois anos em que teve suspensa a sua realização. Nesta edição, teve um número recorde de trabalhos inscritos, 78 sendo selecionados 25 finalistas e inovou com a inclusão das categorias Estudante e Interior. A importância do tema
Responsabilidade Social foi destacada pelos organizadores e participantes do evento. A idéia é dar respostas aos questionamentos da sociedade e relacionar o tema proposto ao trabalho social que é realizado pela empresa, destacou o presidente da Coelba, Moisés Sales.

Foram vencedores nas categorias Fotojornalismo Estudante, Alex Soares, com o trabalho Meninos de Areia, da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC); Jornalismo Impresso Estudante, Evandro Matos, da Faculdade Dois de Julho, com o trabalho O resgate da Cultura de um Povo; Jornalismo Impresso Interior, João Pereira Martins, da Revista Integração, da cidade de Guanambi, com o trabalho Adeus Natureza.

Na categoria Telejornalismo Estudante, a vencedora foi Janete Soares dos Reis, da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), com o trabalho Desigualdade Social; a categoria Telejornalismo Interior teve como ganhador Sibelle Fonseca, da TV São Francisco, com a matéria Dificuldades - Deficientes; o jornalista José Raimundo venceu na categoria Telejornalismo Capital, com a matéria Os Esquecidos. O prêmio foi no valor de R$ 4 mil para os profissionais vencedores e deR$ 1 mil para os estudantes.

Fonte: A Tarde Online
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.