text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Quem tem medo da redação?

      
Preocupação de 11 em cada 10 vestibulandos da Unicamp, a redação virou uma espécie de bicho- papão-de-fim-deano para quem tenta uma vaga na universidade. Mas a decisão de privilegiar o texto na escolha dos candidatos é motivo de muitos elogios de quem entende do assunto.

Já há estudos publicados na própria Unicamp que mostram que os alunos com melhor rendimento na faculdade são os que têm a nota mais alta na redação, diz a professora do Laboratório de Redação do Colégio Objetivo, Maria Aparecida Custódio. Aprofessora afirma que, para escrever bem, qualquer pessoa precisa, basicamente, ler bastante e praticar muito.

Ler é o primeiro passo, diz Maria Aparecida. ? a melhor formade aprender pontuação e ampliar vocabulário. Nada adianta, porém, saber a teoria e não conseguir aplicá-la. Escrever também é fundamental, afirma a professora. Vale qualquer coisa, de bilhetes em casa a cópias de grandes textos da literatura.

Para a prova da Unicamp, Maria Aparecida recomenda a atenta leitura dos enunciados propostos pela banca. A capacidade de entendimento também é analisada, adverte. Depois, é hora de fazer um rascunho, com tudo o que o vestibulando sabe sobre o assunto. ? fundamental não fugir do tema. Só então fazer o texto, nos moldes introdução, desenvolvimento e conclusão.

Além de ter tudo isso em mente, o candidato precisa escrever da forma mais clara possível, sempre em discurso direto (sujeito, verbo e predicado, nesta ordem), avisa aprofessora. Assim, ele evita dois pecados: que o examinador não entenda a mensagem e que ele mesmo se perca em seu texto.

Fonte: O Estado de S.Paulo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.