text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Provas de química e física assustam candidatos

      
Mais de 9,5 mil candidatos fizeram ontem as primeiras provas do vestibular 2004/1 da Universidade Católica de Goiás (UCG). Química e física foram consideradas as matérias com testes mais difíceis por todos os candidatos entrevistados pelo POPULAR. A mudança na prova de redação, que ofereceu três temas para que um seja escolhido e desenvolvido em forma de dissertação, agradou os vestibulandos. A abstenção foi de 4,95% em Goiânia, totalizando 494 candidatos faltosos, e 4,58% em Ipameri, que corresponde a 6 faltas.

Candidata a uma vaga de Psicologia, Myrian Cláudia Gonçalves, de 18 anos, gostou do nível das provas. Para ela, os testes de química e física destoaram do restante. "Achei um pouco difícil", diz. Daniela Gomes, 16, concorrente de Fisioterapia, considerou razoável o grau de dificuldade das provas, com exceção de física. A novidade na prova de redação agradou a vestibulanda. Já para Hélio de Oliveira Gomes Júnior, 17, química foi a prova mais difícil de ontem. Disputando seu primeiro vestibular, Hugo Ribeiro, 17, gostou dos temas da redação e achou difícil a prova de química. "Deixei quase tudo em branco", lamenta.

Patrícia Almeida, 19, que presta vestibular para Fisioterapia, teve dificuldade na prova de física. "Deve ser porque não estudei muito", afirma. Para Thiago Rosa Canedo, 19, que disputa uma vaga do curso Engenharia da Computação, a prova de química foi a mais difícil ontem, mas o pior ainda está por vir. "Acho que português deve ser mais difícil", afirma. Hoje, os candidatos farão provas de português, literatura, história, matemática, biologia e língua estrangeira.

Coordenador da Comissão de Admissão Discente da UCG, José Roldão Gonçalves Barbosa afirma que o primeiro dia do concurso foi tranqüilo, "com as alterações normais". Cerca de 150 candidatos fizeram provas em situação especial. Uma mulher fez prova em casa, porque está com catapora. Três salas foram preparadas para atender candidatos com deficiências auditiva, visual e física, além de vestibulandos que tiveram os documentos perdidos ou extraviados. Nestes casos, agentes da Polícia Civil fizeram a identificação dos concorrentes. "? uma forma de assegurar o direito do candidato de fazer a prova e garantir a lisura do concurso", afirma Roldão. · tarde, foram aplicadas as provas de habilidades específicas para os candidatos às vagas dos cursos de Arquitetura e Design.

Facilidade de acesso
Segundo informa, a abstenção foi menor do que a registrada no último concurso. "Historicamente, a abstenção fica entre 5% e 6%", diz. Entre os motivos para a redução, o coordenador acredita que devem estar a facilidade de acesso e a possibilidade do candidato que perdeu seu documento fazer a prova em sala especial. "Acredito que os faltosos são aqueles que realmente desistiram ou que não comunicaram a necessidade de fazer a prova em situação especial à comissão", afirma.

O coordenador acredita que o segundo dia de provas será mais tranqüilo. Segundo orienta, o candidato que não gostou do seu rendimento no primeiro dia de provas não deve desistir do concurso, levando em conta que trata-se de uma concorrência e ele pode ter um desempenho melhor hoje. Além do documento de identificação, informa, o vestibulando deve levar o kit contendo caneta, lapiseira, borracha, régua e calculadora fornecido ontem pela própria universidade. A iniciativa, diz, faz parte das medidas de segurança adotadas pela instituição para evitar fraudes no vestibular.

Hoje, novamente os portões serão abertos às 8 horas e fechados às 8h30. A expectativa é de que o resultado da 1ª chamada seja divulgado entre os dias 3 e 5 de dezembro. O vestibular 2004/1 da UCG teve 9.968 candidatos inscritos para disputar 3.785 vagas em 38 cursos em Goiânia e 2 em Ipameri.

Fonte: O Popular Online
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.