text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Estudantes fazem tudo para evitar carreira de professor

      
O alerta é da professora Sônia Marise Salles Carvalho, coordenadora da Faculdade de Educação da UnB: "Os cursos de licenciatura se transformaram em trampolins para o ensino superior e para o funcionalismo público". Por isso, ela acha que é muito otimismo do governo esperar que, do 1,5 milhão de profissionais que até 2010 estarão aptos a dar aulas, 710 mil resolvam atender a demanda por docentes do Ensino Médio e de 5ª e 8ª séries do Fundamental.

Pelas contas do Ministério da Educação, o Brasil tem 457 mil professores formados entre 1990 e 2001 prontos a assumir a sala de aula. Precisaria ainda conquistar 254 mil docentes entre um milhão de universitários que, espera-se, devem se graduar até 2010.
O problema, afirma a professora, é que boa parte desses estudantes não vai se formar - a evasão é alta na área - e outros evitarão a sala de aula. "As licenciaturas são muito procuradas porque têm nota de corte mais baixa no vestibular. Então, muitos entram e vão para o bacharelado ou prestam concursos para cargos de maior remuneração", diz a professora. "Alunos de cursos como Química, Física e Matemática, que envolvem cálculos e são mais difíceis, desistem com maior freqüência", revela.

Fonte: Jornal de Brasília Online
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.