text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Celebridades desfilam pelas salas de aula

      
As instituições de ensino também funcionam como uma passarela. Por lá, desfilam nomes como Cesar Maia, Gustavo Franco, ex-Banco Central, e Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira. Ou ainda nomes como os dos publicitários Duda Mendonça e Lula Vieira, além de Cláudio Considera, ex-secretário do Ministério da Fazenda. Gente de tanto ibope que os cursos de MBA convidam para ministrar palestras. · toa? Não mesmo. Eles são um indicativo de que a escola está antenada e um excelente chamariz de alunos.

A FGV Management percebeu o poder de sedução dessas, digamos, celebridades: terá palestras periódicas nos cursos - todas gratuitas. Para alunos e ex-alunos, informa seu superintendente, Paulo Lemos:

- Ter ilustres dando palestra é um bom marketing. Nossa unidade de Santo André, em São Paulo, por exemplo, convida possíveis alunos para essas palestras. E a escola aproveita a ocasião para apresentar as instalações.

Dar espaço às chamadas estrelas garante aos alunos um contato com as experiências de pessoas que estão na mídia, diz Josir Simeone Gomes, coordenador do MBA em Gestão de Negócios do Ibmec Business School. Mais, diz ele: faz com que a escola esteja na mídia.

Aluno quer conhecer bastidores do governo
Cláudio Considera foi secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda no governo Fernando Henrique e hoje é professor do Ibmec. Ele admite que seu nome entre palestrantes fortalece a imagem da escola:

- O aluno fica ávido por conhecer bastidores do governo. Pedem para contar, por exemplo, sobre o caso AmBev. Assim, vêem a teoria ter sentido.

Para Alexandre Mathias, diretor da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), a instituição que oferece as palestras ganha destaque. Pela ESPM, já passaram Carlos Langoni, ex-presidente do BC, e Luiz Felipe Lampreia, ex-ministro de Relações Exteriores:

- Essas pessoas transitam por várias escolas. Se não oferecemos esse programa, duas coisas acontecem: a formação do aluno fica comprometida e ele cobrará isso da escola.

Mas há divergências. Para Renato Cotta, diretor do Instituo Coppead, as palestras mais importantes são as dos professores.

- O que o aluno busca numa escola é conhecimento. Se é de gente famosa ou não, é detalhe. Talvez uma celebridade seja mais importante para as escolas do que para formar o executivo.

Fonte: O Globo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.