text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Que venham os turistas

      
São mais de 8 mil quilômetros de praia. Fartura de belezas naturais. Em se tratando de Brasil, não apostar no turismo chega a ser um sacrilégio. E se o setor ainda não deslanchou como poderia, as expectativas de que isso ocorra são grandes. As faculdades, atentas ao mercado, mostram que de falta de profissionais capacitados o ramo não padecerá: somente no Distrito Federal, dez instituições oferecem o curso.

Para Núbia Macedo, diretora do Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília (UnB), a atenção extra dispensada ao setor tem um motivo justo. ? uma área de efeito multiplicador, que movimenta muita gente, explica. No Brasil, o ramo que vem se destacando é o ecoturismo. Segundo cálculos da Embratur, 20% do turismo é voltado para esse segmento, afirma Núbia. O turismo de evento e o de aventura também encabeçam a lista dos mais procurados. Falta, no entanto, maior capacitação dos profissionais.

Aos que pretendem seguir carreira em hotelaria, a palavra de ordem é especialização. Vice-presidente da Associação Brasileira de Indústria Hoteleira (ABIH), Helder Carneiro diz que o profissional precisa ser polivalente para chegar ao cobiçado cargo de gerente de hotel. Antes, é preciso conhecer a fundo todas as áreas do ramo. Não é da noite para o dia que se consegue sucesso nessa carreira, ressalta.

Além da hotelaria, outra área ligada ao turismo está em alta. ? a gastronomia. Afinal, que turista não gosta de saborear os pratos típicos da região visitada? Ou ao menos aprecia comer em bons restaurantes? Gerente da Unidade de Gastronomia, que fica no Centro de Excelência em Turismo da UnB, Carla Tenser vai mais longe. A gastronomia é vista como parte da cultura de um povo.

De acordo com Carla, o Brasil oferece bons cursos na área, principalmente em São Paulo. A UnB conta somente com uma pós-graduação em Gastronomia e Segurança Alimentar. Independentemente do curso, o importante é capacitar-se. Existe abundância de profissionais no mercado, observa Carla. Mas grande parte com qualificação muito precária. Tanto que os próprios empresários reconhecem a deficiência e trabalham para mudar a situação. Muitos oferecem treinamento aos funcionários.

Essa foi a solução encontrada por José Dejacir Silva, 36 anos. Formado em Administração e Comércio Exterior pela Uneb, ele havia trabalhado em grandes multinacionais, como Nestlé e Gessy Lever. Apesar da carreira de sucesso, estava cansado da vida agitada pelo excesso de viagens que o trabalho exigia. Decidiu, então, propor ao dono do restaurante Tucunaré na Chapa, em Goiânia, a abertura de uma filial em Brasília. Quando veio a confirmação da parceria, os problemas começaram.

Eu não tinha experiência alguma, lembra Dejacir. A solução foi fazer um intercâmbio de funcionários. No começo, parte da equipe de lá veio me ajudar, explica. Também mandei alguns funcionários daqui fazerem treinamento em Goiânia. Hoje, depois de um ano e dois meses de prática, Dejacir tira de letra as dificuldades de comandar um restaurante. Trabalho mais do que nos tempos de executivo, destaca. A diferença é que não vivo mais em constante pressão.

Sua chance

TURISMO
O profissional de Turismo deve estar sempre preocupado em prestar serviços de forma agradável e hospitaleira. Falar inglês e outras línguas também é fundamental. Como a graduação é muito generalista, o profissional não pode abrir mão de cursos de especialização

HOTELARIA
Estar com o inglês na ponta da língua não é mais o bastante para emplacar uma vaga na gerência de um hotel. Em média, os profissionais só alcançam o cargo depois de, em média, 10 anos de experiência. Estar por dentro da área de bebidas e alimentos é fundamental

GASTRONOMIA
A capacitação é o caminho mais curto para o sucesso. São Paulo e Rio de Janeiro contam com bons cursos. Na UnB, existe apenas uma pós-graduação em Gastronomia e Segurança Alimentar. Quem não tem capital para bancar as especializações mais caras pode optar pelas aulas oferecidas pelo Senac

ONDE ESTUDAR
Turismo: o site do Inep (www.inep.gov.br) tem a lista de todas as instituições que oferecem curso de Turismo. Para garantir que a faculdade escolhida é de qualidade, se informe no conselho de classe da profissão escolhida
Hotelaria: Instituto de Educação Superior de Brasília
Gastronomia: A UnB oferece pós-graduação em Gastronomia e Segurança Alimentar

Palavra de especialista
As 10 mais de Sonke B”ge, sócio-diretor da unidade paulista da Ray & Berndtson, multinacional especializada na gestão do capital humano e na seleção de profissionais. Entre os clientes, está a Parmalat, Pirelli e Philips
Gerente de call center
Engenheiro mecatrônico
Profissional de logística integrada
Profissional de trade marketing
Profissionais do agronegócio
Gerente de entretenimento
Administrador de ONGs
Gestores de empresas da área de tratamento de recursos
Administradores públicos
Gerente comercial de empresas de segurança de dados

Fonte: Correio Braziliense
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.