text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Conheça alguns temas que podem cair no próximo vestibular

      

Guerra no Iraque

Talvez, o grande debate do ano. Fique atento, pois esse é um tema que pode "puxar" perguntas mais complexas. Embora também esteja incluído nos debates sobre os conflitos no Oriente Médio, este tema tem grande importância mesmo se considerado isoladamente. "Certamente os vestibulares devem trazer algo referente ao Iraque. ? um assunto que domina o noticiário internacional", aposta o professor do cursinho Chama, Eder Alberto Tavares. "? possível que entrem pontos como a formação do país, a posição da economia como pólo petrolífero e até mesmo a ditadura."

Pontos importantes:

  • Formação do Iraque, a partir da Mesopotâmia
  • Histórico de conflitos entre Iraque e países vizinhos
  • Invasão do Kwait e primeira guerra do Golfo Pérsico
  • Questão do Petróleo
  • Ditadura Saddam Hussein
  • Guerra e domínio norte-americano

Veja o que já foi publicado no Universia sobre o tema:
19/03/2004 - A ocupação do Iraque um ano depois
19/03/2004 - As relações internacionais depois da invasão do Iraque
16/04/2003 - Olhar acadêmico no Iraque pós-guerra
10/04/2003 - A guerra da propaganda
24/03/2003 - Autoridade questionada
20/03/2003 - Especialistas analisam conflito


Conflito Isrãl X Palestina

Tema recorrente, os conflitos entre isrãlenses e árabes estão diariamente nas capas dos jornais. No entanto, envolve uma série de eventos muito mais ampla do que os atentados que habitam o noticiário. "Todos os dias os estudantes lêem manchetes falando que determinado ataque matou um número de pessoas ao lado do muro. Mas alguns alunos não sabem nem o que é Palestina, o que é Isrãl, de que muro os jornais falam", diz o supervisor de Geografia do Sistema Anglo de Ensino, Reinaldo Scalzaretto. "Por isso, ele precisa conhecer o contexto geo-político, a formação histórica do estado Isrãl e os conflitos entre árabes e isrãlenses."

Pontos importantes:

  • Formação do estado de Isrãl, em 1948
  • Histórico dos conflitos entre árabes e isrãlenses
  • Composição étnica e religiosa dos países do Oriente Médio
  • Apoio norte-americano à independência isrãlense
  • Guerra dos Seis Dias
  • Intifada I e II

Veja o que já foi publicado no Universia sobre o tema:
18/05/2004 - As Operações de Manutenção da Paz: desafios e mudanças


Terrorismo

O terrorismo é uma prática que pode ser considerada recente no contexto geo-político mundial. Nos últimos anos, no entanto, os atentados terroristas têm se multiplicado, o que faz do tema uma referência bastante presente nos últimos vestibulares. Este tema, no entanto, se cruza, em diversos pontos, com aqueles citados anteriormente. Fique atento, no entanto, pois o histórico do terrorismo mundial mostra que ele se estende por todo o planeta, desde o "problemático" Oriente Médio, até a Europa, passando pelo leste asiático e pela própria América.

Pontos importantes:

  • Formação de grupos terroristas étnicos, políticos e religiosos (ETA, IRA, Al Qãda)
  • Ações terroristas mais significativas e sua consequência no contexto global
  • Ataques a Nova York em 11 de setembro
  • Anti-americanismo e polarização do controle econômico
  • Guerra ao Terror e política de domínio global dos EUA

Veja o que já foi publicado no Universia sobre o tema:
18/05/2004 - O Controle das Armas Químicas e Biológicas
18/05/2004 - As Operações de Manutenção da Paz: desafios e mudanças
19/03/2004 - Tema Universia: Terror na Espanha
11/09/2002 - O 11 de setembro e as relações internacionais
11/09/2002 - Impactos dos acontecimentos de 11 de setembro
09/2001 - Terrorismo e Imperialismo


Contexto Geo-político

As relações entre os países sofreram grandes alterações na segunda metade do século XX. Com um novo contexto econômico e as relações políticas polarizadas, instituições como a ONU foram criadas para equilibrar as relações entre os fracos e os fortes. No final do século XX, o mundo sofreria uma nova alteração com o fim do comunismo.

Esse é um tema delicado, que envolve uma série de fatores. Fique atento, pois uma pergunta pode se referir a um conflito especifíco, mas a resposta pode estar na análise do contexto geo-político. "Pode ser que a prova ofereça uma referência sobre o conflito no Iraque, mas a pergunta cobre algo sobre a relação Oriente e Ocidente, por exemplo", complementa Tavares.

Pontos importantes:

  • Bi-polarização de forçar no cenário pós Segunda Guerra Mundial
  • Criação da ONU e de outras agências de controle externo (OMC, OMS)
  • Guerra-fria
  • Fim do comunismo, queda da URSS e nova ordem mundial
  • O Brasil no cenário internacional

Veja o que já foi publicado no Universia sobre o tema:
23/08/2004 - O homem e o novo cenário geo-político internacional
18/05/2004 - A Situação em Berlim (1948)
18/05/2004 - Liberalização do Comércio de Serviços
18/05/2004 - Eficácia das Ações Internacionais para a Redução da Pobreza
18/05/2004 - As Operações de Manutenção da Paz: desafios e mudanças


Quarenta Anos Pós-Golpe

O dia 31 de março de 1964 marcou o início da tomada do poder pelos militares no Brasil. Quarenta anos depois, o Brasil ainda sente os reflexos desta mudança de poder. Os 21 anos governados por militares foram marcados pela censura à liberdade de expressão e pela tortura aos presos políticos, porém foi também o período do chamado "milagre econômico", que trouxe expressivo desenvolvimento nesta área. Do lado dos militares e simpatizantes do regime à época, o golpe foi justificado como a única forma de "brecar" o crescimento do comunismo no país, embora tenha causado graves conseqüências sociais e humanas.

Pontos importantes:

  • Jânio, Jango e comunismo - o contexto do Golpe
  • AI-5, fechamento do congresso e eleições indiretas
  • Principais diferenças entre os governos militares
  • Repressão e censura
  • Exílio e abertura política
  • Movimento "Diretas Já!"

Veja o que já foi publicado no Universia sobre o tema:
18/05/2004 - Tema Universia Especial: Quarenta Anos Pós-Golpe de 1964


Morte de Getúlio Vargas - 50 anos

Em 24 de agosto de 1954, quando exercia o mandato de presidente da Repúlica eleito democraticamente, Getúlio Dorneles Vargas se suicidou com um tiro no peito. Sua morte, que completa cinquenta anos em 2004, marcou o fim de uma era na política brasileira. "Neste ano, acho que é quase certo que teremos questões sobre Getúlio Vargas. E, apesar de ele ter morrido como presidente eleito, é natural que caiam questões sobre o Estado Novo", afirma Tavares.

Pontos importantes:

  • O Golpe de 30
  • O Estado Novo
  • Populismo e reformas
  • Constituição de 1934
  • Censura - criação do DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda)
  • Intentona Comunista
  • Brasil na II Guerra Mundial
  • Queda de Getúlio
  • Volta de Getúlio através do voto direto
  • Queda e suícidio - ascensão de JK
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.