text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Governador de SP recebe professores beneficiados por bolsas de estudos na Espanha

      

O governador Geraldo Alckmin recebeu nesta terça-feira, dia 31, no Palácio dos Bandeirantes, a visita de 31 professores de Educação Básica II da rede pública estadual que se formaram na Universidade de Salamanca por meio de um projeto de cooperação entre o Banco Santander-Banespa e a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

Trata-se do primeiro grupo formado, já que no total, o convênio irá beneficiar 92 professores. Esse primeiro grupo foi constituído de professores de 25 municípios paulistas. Alckmin manifestou sua satisfação pela concretização do programa diante dos professores, do presidente do banco Santander-Banespa, Gabriel Jaramillo, e do secretário da Educação, Gabriel Chalita: "por tudo o que a Educação representa, ela é uma prioridade para o Governo do Estado de São Paulo, daí a preocupação para a formação, contínua de seu principal agente, os professores". Ele elogiou a preocupação da instituição financeira, "que desenvolve muitas outras parcerias com o Governo de São Paulo, mostrando seu compromisso com a responsabilidade social".


Santander Banespa leva professores da rede pública para estudar na Espanha
"O benefício será duplo: aprendeu o professor, aprenderão os alunos", disse o presidente do banco, acentuando que outros professores da rede estadual terão também "a rara oportunidade de fazer um curso de especialização na Europa".

A professora Efigênia Prado Rezende, falando em nome do grupo, afirmou que o programa permitiu a todos uma gama de conhecimentos, cultura e compreensão de uma nova leitura de mundo. "Quem educa também aprende", destacou a educadora, mostrando a disposição do grupo de transmitir seu aprendizado nas salas de aula.

O curso contempla atividades acadêmicas e culturais na Universidade de Salamanca na Espanha no período do mês de julho, perfazendo 100 horas de atividades programadas com cinco horas diárias de programação, sendo duas horas de Língua Espanhola e três horas com matérias optativas entre as oferecidas pela Instituição.

Os educadores selecionados têm custeados o curso, a viagem, a estadia, três refeições diárias e as excursões previstas. As inscrições para essa primeira etapa foram realizadas entre 12 e 20 de abril. Os próximos cursos estão previstos para os anos de 2005 e 2006.

Todos os bolsistas realizam uma prova de Proficiência em Língua Espanhola pelo o Instituto Miguel de Cervantes para comprovar o declarado de competência leitora, escrita e de compreensão da Língua.

Em Salamanca, fazem outra prova para classificação em classes do mesmo nível de proficiência de Língua Espanhola, sendo que cada classe tem no máximo 14 pessoas. Além da disciplina de gramática de Língua Espanhola, os professores podem optar por outras disciplinas que incluem entre outras, História da Espanha Contemporânea, História da Arte Espanhola e Economia e Sociedade da Espanha atual.

O Programa de Curso Internacional da Universidade de Salamanca contempla ainda excursões todas pagas pelo programa. Os destinos são: Segovia-La Granja, Madrid-Museos, El Escorial-Valle de los Caídos, Toledo, Ciudad Rodrigo La Alberca, León-Zamora, Burgos, Ruta de los Castillos, Ruta Teresiana, Ruta de los Conquistadores, etc.

Salamanca

A Universidade de Salamanca é mais antiga das Universidades espanholas e data do ano 1218. Seu prestígio acadêmico e sua influência se estenden não só por toda a Espanha, como também à América Espanhola.

Grandes humanistas espanhóis lecionaram em suas classes e participaram da interpretação e discussão dos mais importantes acontecimentos históricos e científicos do mundo.

Na atualidade, a Universidade de Salamanca desenvolve atividades docentes e de investigação dirigidas a mais de 33.000 estudantes, sendo que mais de 7.000 alunos estrangeiros são recebidos todos os anos nos diferentes cursos de Língua e Cultura Espanhola.

Conta em seu corpo docente com 2.175 professores e na de administração e serviços com 1.122 pessoas. Mantém convênios com importantes universidades estrangeiras, assim como instituições, fundações, empresas e sociedades tanto públicas quanto privadas.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Governo do Estado de São Paulo

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.