text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Calendário de aulas na UFPB deve ser alterado pela greve

      
A greve dos servidores técnico-administrativos e dos alunos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) prejudicou o andamento do semestre letivo e o calendário de aulas terá que ser reprogramado. A confirmação foi dada, ontem, pelo reitor da instituição, professor Jader Nunes. Segundo ele, foram cumpridos apenas 58 dos 100 dias letivos exigidos por lei para a conclusão do período. As aulas terão que ser repostas, mas o novo calendário só deverá ser definido quando servidores e alunos decidirem pelo retorno às atividades. São cerca de 3 mil funcionários parados e mais de 17 mil alunos sem aula, somente em João Pessoa.

Além de inviabilizar as aulas dos estudantes, a greve dos funcionários, iniciada há mais de dois meses, também vem causando prejuízos ao Hospital Universitário Lauro Wanderley (HU) e a população por ele assistida. Cerca de 50 mil pessoas já deixaram receber atendimentos ambulatoriais em 65 especialidades médicas. O ambulatório é responsável por um terço dos recursos recebidos pelo hospital, que já deixou de receber mais de R$ 200 mil desde o início do movimento grevista.

Fonte: Correio da Paraíba
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.