text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Universidade

      
Os técnicos administrativos das universidades federais assinaram ontem acordo com o Governo, praticamente encerrando greve de quase três meses. Eles foram os primeiros a aceitar o reajuste proposto pela União, mas ainda faltava a reestruturação da carreira. Com a assinatura do acordo, o Governo se compromete a enviar projeto de lei ao Congresso Nacional nos próximos 15 dias com a estrutura do plano de carreira nos termos acertados durante o processo de negociação. Outro compromisso do Planalto é destinar R$ 341 milhões, no ano que vem, e R$ 365 milhões, em 2006, para a implementação do plano.

Prazos
O termo do acordo dos técnicos administrativos das universidades prevê um reajuste médio de 50%. O piso da categoria sobe de R$ 492 para R$ 710. A recuperação começa em março. A reestruturação da carreira ainda estabelece o índice para mudança de cargos e funções em 3% no ano que vem, chegando a 3,6% em 2006.

Volta ao trabalho
O coordenador-geral da Fasubra (federação que representa os técnicos administrativos das universidades), Edvaldo Rosas, afirma que os funcionários devem voltar imediatamente ao trabalho, dependendo apenas das decisões das assembléias. A expectativa é que as atividades já estejam normalizadas após o feriado de Sete de Setembro.

Fonte: O Dia
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.