text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Navio da Marinha pesquisa fundo do mar capixaba

      
Desde o dia 26 de julho, quando atracou no Porto de Vitória, o Taurus, um navio hidroceanográfico da Marinha, vem fazendo levantamentos e coletando dados sobre o relevo submarino da costa capixaba. Para isso, utiliza equipamentos de alta tecnologia, que garantem precisão na obtenção dos dados.

O objetivo da pesquisa é coletar dados para criar uma carta náutica capixaba, um mapa com informações atualizadas sobre profundidade do ambiente marinho, que serve para orientar os navegadores que passam por aqui.

Na próxima quinta-feira, o Taurus se despede do litoral do Espírito Santo. Foram quase 50 dias de trabalhos, realizados no Porto de Vitória e nos terminais de Ubu, Praia Mole, Tubarão e Barra do Riacho, num total de 70 metros quadrados de medição.

Estudantes do curso de Oceanografia, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), puderam conferir de perto o trabalho desenvolvido no navio.

"Os alunos têm que cumprir 120 horas de embarque para se formar. Eles tiveram a oportunidade de ter treinamento qualificado com o pessoal da Marinha e conhecer uma tecnologia avançada", explicou a coordenadora do curso, Viviane Testa.

Aparelho. De acordo com o comandante do navio, o capitão Horacio Lopes Senior, o aparelho, chamado Ecobatímetro Multifeixe, permite uma medição precisa da profundidade do ambiente marinho.

"O Taurus é o único navio do Hemisfério Sul que faz essa investigação com tamanha precisão. Mostra como se comporta o relevo marinho, com suas lombadas, pedras e outros obstâculos que podem pôr em risco as embarcações", explicou Senior.

Antes, disse o capitão, as pesquisas batimétricas, como são denominadas, registravam apenas pequenas amostragens do fundo. "Com o Taurus, é possível conhecer 100% do relevo submarino. O equipamento mostra, inclusive, uma imagem em três dimensões do fundo do mar", destacou.

A pesquisa é desenvolvida em uma parceria entre a Marinha e os terminais. "Os portos têm interesses econômico nesse tipo de trabalho, que determina os limites a serem respeitados em caso de ampliação dos terminais", comentou o capitão Senior.

Saiba mais
Conheça o trabalho do Taurus:

O Taurus é um navio hidroceanográfico da Marinha que faz levantamentos e coleta dados sobre o relevo submarino da costa brasileira

O objetivo dessa pesquisa é ajudar na construção e na atualização de cartas náuticas para os Estados e, dessa forma, orientar os navegadores

O aparelho chamado Ecobatímetro Multifeixe permite uma medição precisa da profundidade do relevo submarino, formando até imagens em três dimensões do fundo do mar

No Espírito Santo, a pesquisa durou 50 dias e foi realizada no Porto de Vitória e nos terminais de Ubu, Praia Mole, Tubarão e Barra do Riacho.

Fonte: A Gazeta Online
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.