text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Unifesp realiza seu primeiro vestibular do campus de Santos

      
A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) realizou ontem seu primeiro vestibular para o novo campus de Santos, com menos de 15% de abstenção. A prova, aplicada na Escola Estadual Escolástica Rosa, na Ponta da Praia, em Santos, foi feita por 451 candidatos, que disputam 30 vagas para os cursos seqüenciais de formação específica de Gestão em Saúde e Educação em Comunicação em Saúde. São 15 vagas para cada disciplina. De acordo com o edital da prova, os cursos terão a duração de dois anos e as aulas serão dadas no período noturno, das 18h30 às 22h30.

Para o funcionário da Vigilância Sanitária do Guarujá e concorrente a uma das vagas do curso de Gestão em Saúde Clênio Rodrigues, de 38 anos, essa é uma grande chance para pessoas com potencial, mas sem condições de arcar com uma faculdade particular. "Espero agarrar essa chance. é uma oportunidade única de crescimento profissional dentro do setor onde atuo", disse.

Marlene Rodrigues, de 43 anos, que trabalha como funcionária da Secretaria de Saúde de Santos, ressalta a importância de uma universidade pública na cidade. "A cidade já estava precisando disso. Eu espero que a partir de agora a Unifesp amplie os cursos a serem ministrados aqui."

Os portões do colégio Escolástica Rosa foram fechados às 14h05, cinco minutos após o que determinava o edital da prova. Mesmo assim, muitos candidatos chegaram atrasados. A desculpa de alguns foi o transporte público. "Eles (coordenação da prova) podiam ser um pouco mais tolerantes.

Depender de ônibus não é fácil", reclamou uma candidata que não pôde fazer o exame.

Os candidatos foram submetidos a 90 questões formuladas por professores da Fundação para o Vestibular da Universidade Paulista (Vunesp). Os assuntos foram distribuídos entre língua portuguesa (30 questões), matemática (30), atualidades (15) e conhecimentos gerais (15).

O resultado da primeira chamada e a lista de espera estarão disponíveis a partir de sexta-feira. As aulas começam no dia 14, mesmo dia em que serão feitas as matrículas. "Infelizmente tivemos pouco tempo para viabilizar o vestibular. Agora temos de torcer para tudo dar certo", comentou o coordenador da Vunesp, Clodoaldo Mendes Filho.

Fonte: O Estado de S.Paulo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.